Home Agronegócio Colheita de soja 23/24 do Brasil avança a 63% da área, diz AgRural

Colheita de soja 23/24 do Brasil avança a 63% da área, diz AgRural

A AgRural informou ainda que produtores do centro-sul já colheram 68% da área semeada com o milho primeira safra, ante 57% uma semana antes e 51% no mesmo período do ano passado

por Reuters
0 comentário
Colheitadeira de Soja

A colheita da safra brasileira de soja 2023/24 havia atingido 63% da área cultivada no país até o dia 14 de março, avanço de oito pontos percentuais em relação a semana anterior, ligeiramente acima do índice registrado no mesmo período do ano passado (62%), de acordo com levantamento da AgRural divulgado nesta segunda-feira.

“Neste momento, quem puxa o ritmo dos trabalhos são as lavouras mais tardias, principalmente as do Matopiba e Rio Grande do Sul — Estados que, além de terem calendário mais tardio, plantaram a soja 2023/24 com atraso devido a dificuldades climáticas no final de 2023”, afirmou a consultoria.

Segundo a AgRural, a expectativa é de boas produtividades no Rio Grande do Sul e Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia), “já que essas áreas mais tardias vêm sendo favorecidas por um bom regime de chuvas”.

Com o avanço da colheita de soja, o plantio do milho segunda safra está quase finalizado, atingindo 97% da área estimada para o centro-sul, contra 93% uma semana antes e 91% no mesmo período do ano passado (safrinha 2023), de acordo com dados da AgRural.

Segundo a consultoria, “o foco agora está no tempo mais quente e seco de março, que já causa preocupação aos produtores, especialmente no Paraná e no sul de Mato Grosso do Sul”.

A AgRural informou ainda que produtores do centro-sul já colheram 68% da área semeada com o milho primeira safra, ante 57% uma semana antes e 51% no mesmo período do ano passado.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.