Home Meio Ambiente Colômbia emite alerta sobre risco crescente de incêndios florestais

Colômbia emite alerta sobre risco crescente de incêndios florestais

Até agora, em janeiro, a Colômbia registrou 62 incêndios florestais

por Reuters
0 comentário
(Imagem: Reprodução/Ministerio de Defensa de Colombia/via REUTERS)

O risco de incêndios florestais cresceu significativamente na Colômbia ao longo da última semana, afirmou nesta quarta-feira a ministra do Meio-Ambiente, Susana Muhamad, acrescentando que a atual situação pode piorar o desmatamento.

Um dos países com maior biodiversidade do mundo, a Colômbia está sofrendo com os efeitos de uma típica temporada seca, combinada com o forte fenômeno climático El Niño, que geralmente produz um clima mais quente e seco.

“Este El Niño comparado com o mais forte registrado… tem o impacto estrutural mais forte nas alterações climáticas, que vimos em 2023 com todas essas medidas mostrando níveis de temperatura, a anormalidade de ter três oceanos com temperaturas acima do normal e simultaneamente um El Niño classificado como forte”, disse Muhamad.

Até agora, em janeiro, a Colômbia registrou 62 incêndios florestais, dos quais 58 foram controlados e três continuam ativos, disse Muhamad. O número de municípios colocados em alerta por causa dos incêndios quase quadruplicou desde sexta-feira, para 747, acrescentou.

Condições anormalmente secas podem fazer com que incêndios naturais saiam do controle, alertou a ministra, mencionando que a seca representa um risco extra para a Floresta Amazônica do país.

Ano passado, Muhamad informou que o desmatamento na Colômbia caiu 29,1% em 2022, para pouco mais de 1.235 quilômetros quadrados, em relação aos 12 meses anteriores.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Faça parte da rede “O Melhor do Dinheirama” com as melhores análises e notícias

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.