Home Finanças Pessoais Como abrir conta PJ pela internet

Como abrir conta PJ pela internet

Abrir uma conta PJ é fundamental para quem quer ter um negócio de sucesso

por Blog do Serasa
0 comentário

Abrir uma conta PJ é fundamental para quem quer ter um negócio de sucesso.  

Isso porque misturar as contas de pessoa física (PF) com as de pessoa jurídica (PJ) é um dos erros mais comuns cometidos por quem está começando a empreender.  

Todo cuidado é pouco: segundo o Sebraetrês em cada 10 microempreendedores individuais (MEIs) fecham as portas em até cinco anos de atividade no Brasil. Um dos principais motivos para essa estatística é a falta de controle financeiro, de capital de giro e a dificuldade para ter acesso a crédito.

Abrir conta PJ: por que é importante e quais as vantagens

Ter uma conta PJ é importante, mas não é necessariamente uma obrigação de quem empreende. Portanto, não é toda pessoa jurídica que precisa ter esse tipo de conta. Apesar de não ser uma regra, é recomendável porque profissionaliza a relação entre o empreendedor e a empresa que está nascendo.   

Ter uma conta exclusiva para a empresa, independentemente do porte ou do ramo de atuação, possibilita que: 

• o empreendedor tenha clareza quanto ao faturamento, fluxo de caixa e capital de giro da empresa; 

• erros e confusões na declaração do imposto de renda sejam evitados; 

• movimentações financeiras com os clientes, como pagamentos e cobranças, sejam facilitados; 

• pagamentos de despesas se tornem mais simples; 

• custos com as taxas de manutenção da conta corrente sejam reduzidos (caso escolha uma conta jurídica sem cobrança de tarifas); 

• mais credibilidade seja associada ao negócio ao fazer cobranças em nome da empresa; 

• a empresa tenha acesso a ferramentas de gestão de cobranças, por exemplo, de forma totalmente gratuita, entre outras vantagens, como emissão de boletos, Pix gratuito, cartão de crédito;  

• acesso a crédito facilitado, por já ter relacionamento com algum banco, entre outras vantagens. 

Quatro opções de conta PJ

Sugestões de dois bancos digitais e dois bancos tradicionais.  

  1. Nubank 

Para abrir conta PJ Nubank basta acessar o site do banco digital ou utilizar o aplicativo. O processo é 100% online e a conta é livre de tarifas.

Pix gratuito, cartão PJ com função débito, área de cobranças e emissão de boletos pelo aplicativo são alguns dos serviços oferecidos aos empreendedores.   

  1. Cora 

A Cora é um banco digital especializado em conta PJ. Um de seus diferenciais é oferecer serviços que podem ajudar na administração do negócio. Gestão de cobranças completa, emissão de boletos ilimitados gratuitos e cartão de crédito empresarial são alguns dos benefícios oferecidos.  

  1. Itaú 

Como o Itaú é um banco tradicional, com agência física, quem quiser abrir conta PJ Itaú pode fazer a operação de forma presencial. Basta ir a uma agência e falar com a gerência. Os documentos necessários são identificação com foto e documentos da empresa. Após preencher a proposta, é necessário aguardar o contato do banco com as instruções para os próximos passos ou se dirigir a qualquer agência do Itaú com os documentos necessários.   

A conta PJ Itaú tem taxa de manutenção, que varia de R$ 78,00 por mês, para quem é MEI, a R$ 305,00 mensais no Plano Adapt 3. Porém, o Itaú costuma fazer promoções atreladas à contratação da maquininha Rede a fim de diminuir essas tarifas ou até mesmo zerá-las. Consulte o banco para mais informações.   

  1. Santander 

Além de uma conta comum, o Santander disponibiliza também ferramentas focadas no desenvolvimento do negócio do cliente.  

O CoPiloto Santander é uma dessas ferramentas que ajudam novos empresários na gestão digital do negócio para que seja possível acompanhar cada movimentação da empresa de forma fácil e rápida. Controle de estoque, registro de pagamentos, fluxo de caixa, emissão de notas e histórico dos clientes podem ser armazenados em um só lugar.  

Outra iniciativa do Santander para o público PJ é o Programa Avançar, que estimula o empreendedorismo e oferece novas conexões para o negócio por meio da distribuição de conteúdos, como webséries, podcasts, organização de eventos exclusivos, entre outros. Tudo de forma gratuita.  

Como abrir conta PJ Santander:

Abertura de conta PJ: passo a passo no Santander

Abertura de conta PJ: passo a passo no Santander
Para abrir uma conta PJ Santander é só seguir este passo a passo:
1 – Acesse o Serasa Crédito e clique em “abra sua conta PJ Santander”.
2- Você será redirecionado para o site do banco. Basta clicar em “Abra sua conta”.
3 – Depois, informe seu CNPJ e clique em “Continuar”.
4 – Então complete com dados pessoais (nome completo, e-mail, CPF, celular) e clique em “Continuar”. Atenção, somente o proprietário da empresa consegue abrir a conta PJ.
5 – Um código de seis números será enviado por SMS para seu celular. Digite no campo e clique em “continuar”.
6 – Neste momento será necessário informar os dados da empresa, como endereço, e-mail, telefone, e declarar que o Brasil é o país de constituição do negócio e seu domicílio fiscal.
7 – Na próxima tela, o interessado responde se é MEI ou não. É necessário selecionar a atividade econômica da sua empresa e o faturamento anual.
8 – Depois, responda a um questionário sobre seu negócio: qual é o perfil dos seus clientes e fornecedores/tipo de produto ou serviço que oferece/como pretende movimentar sua conta.
9 – Preencha dados, como data de nascimento e renda.
10 – O próximo passo é enviar fotos dos seus documentos e tirar uma selfie.
11 – O banco pede para o cliente personalizar a conta e conferir tudo.
12 – Pronto! Proposta enviada. Agora basta aguardar a análise da sua solicitação e em até 3 dias úteis o banco entrará em contato por e-mail ou SMS.

Agora que você já sabe a importância de abrir conta PJ, continue acompanhando os conteúdos exclusivos do blog da Serasa. Até a próxima!

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.