Estabelecer o hábito de ficar em dia com as contas a pagar e a receber já organiza e diminui bastante as possibilidades de ter uma má gestão financeira em qualquer empresa, sabia?  É a mais pura verdade! Por isso, se você não sabe por onde começar para assegurar um bom controle das contas do seu negócio, é válido adotar algumas medidas básicas.

Entenda profundamente cada um dos conceitos

Sabe as contas que sua empresa tem a pagar –  água, luz, telefone, aluguel e muitas outras? Nada mais são que obrigações financeiras assumidas pela empresa. Até aqui nenhuma novidade, certo? Ainda assim, acontece que muitas empresas não conseguem se planejar e organizar o suficiente para ficar em dia com as contas, mesmo possuindo dinheiro para isso.

Da mesma forma, é importante compreender o que é uma conta a receber, pois elas são, normalmente, advindas de vendas a prazo, estando diretamente relacionadas aos ativos que a empresa tem a receber, ao dinheiro que entrará no caixa, sendo portanto, um dos maiores bens de qualquer negócio. Assim, deixar de receber esses pagamentos ou cobrar os clientes de forma indevida pode gerar péssimas consequências.

É essencial que o responsável pelo setor financeiro do negócio faça planejamentos para se manter em dia com as contas a pagar e a receber evitando futuras dores de cabeça com grandes problemas e prejuízos para a empresa.

Restrinja as dívidas à capacidade financeira da empresa

Em situações inseguras, onde o retorno de um investimento não é claro, não é prudente contrair um montante de dívidas maior do que a capacidade financeira da empresa. Não adianta pensar que, no futuro, essa aplicação será recompensada. Quando não houver certeza de retorno, o melhor é evitar maiores problemas e nem sequer arriscar.

Analise e planeje as ações financeiras de sua empresa.

A falta de conhecimento sobre a próprio negócio  acaba se tornando um dos problemas mais sérios que as pequenas e médias empresas podem ter de enfrentar. Por isso, preze por um planejamento financeiro feito com esmero, que inclua um fluxo de caixa organizado, com todas as contas a receber, assim como os gastos e os pagamentos futuros do negócio.

Uma boa dica é contar com softwares que o auxiliarão, possibilitando ter uma visão geral de todas as contas e avisando quando a data do pagamento estiver se aproximando. Assim, o empreendedor estará sempre por dentro de tudo que acontece na parte financeira do seu negócio, diminuindo a chance de falhas.

Antecipe os pagamentos e fuja dos juros

Já sentiu suas contas se multiplicarem exponencialmente, por conta de juros e multas no fim de cada mês? Dói colocar o dinheiro em algo que não tem retorno. Por isso, faça absolutamente de tudo para quitar seus débitos sempre nas datas corretas. Não perca parte de seu orçamento nesses reparos. Além do mais, vale lembrar que quando o pagamento é antecipado, é possível obter descontos. Dessa forma, além de a empresa poupar dinheiro, também ficará com uma boa reputação perante seus fornecedores.

Renegocie suas contas a pagar

É possível perceber, com antecedência, que a empresa não será capaz de pagar devidamente as contas, quando se mantem as contas a pagar e a receber sob controle. Lembre-se de que atrasar os pagamentos só fará com que os gastos e as preocupações aumentem. Por isso, o ideal é não perder tempo. Assim que a diferença for visualizada, procure renegociar o valor o mais rápido possível.

Quando o gestor financeiro não tem controle sobre os gastos e pagamentos da empresa, as chances de surgirem problemas são enormes! Então trate de manter em dia as contas a pagar e a receber, prolongando ao máximo a saúde do seu negócio!

Espero que tenha aprendido mais com essas informações! Conheça também os nossos serviços de Gestão Financeira para pequenas empresas que pensam grande! Clique aqui e saiba mais. Até a próxima!

Nota: Esta coluna é mantida pela ContaAzul, que contribui para que os leitores do Dinheirama possam ter acesso a conteúdo gratuito de qualidade.

Leitura recomendadaComo iniciar um negócio com pouco capital

Foto “co-workers gladness”, Shutterstock.

Consultor ContaAzul
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários