No artigo anterior (clique aqui para ler) mostrei várias oportunidades de compra no início do ano, em ativos que subiram mais de 50%.

Neste texto vou mostrar um novo sinal que ocorreu no Ibovespa, e que foi de certa forma, fácil de identificar. Foi um padrão que ocorreu em um momento muito parecido de recuperação em 2009.

Existe na análise técnica um padrão de reversão que parece uma pessoa. Ele possui ombros e cabeça, e recebe o nome de “Ombro Cabeça Ombro” (OCO).

oportunidadesbolsa-01

Observe que há três topos na figura acima. O topo do meio é o maior (a cabeça). Nessa formação técnica temos uma linha de suporte, que é chamada de “reta pescoço” ou “linha do pescoço”.

A confirmação da reversão é justamente no momento da perda da “reta pescoço”. A psicologia por trás da formação é bem compreensível.

O natural seria o terceiro topo romper o anterior, mas como nem conseguiu chegar no mesmo patamar do anterior, isso é um alerta de algo está errado. E ao perder o suporte (reta pescoço) a suspeita realmente se confirma.

Vídeo recomendado: Por dentro da Bolsa de Valores #2

Forte reversão em Vale no ano de 2014

Veja este OCO nas ações da Vale (VALE5) ocorrido entre os meses de Julho e Agosto de 2014:

oportunidadesbolsa-02

Nem todos os OCOs são simétricos, podendo ocorrer leves inclinações. Então eu brinco, chamando-os de “escolioses” ou até mesmo de “corcunda de notre dame”.

Veja esta sequência de OCOs na Embraer, em 2009:

oportunidadesbolsa-03

Veja o início da derrocada da OGX, onde saiu de 18 Reais para 18 Centavos. Figura de queda pelo OCO:

oportunidadesbolsa-04

Agora o OCO em Petrobras, onde saiu de 15 para 4 Reais em 2015:

oportunidadesbolsa-05

Quebra do padrão OCO

A descaracterização dessa figura (quebra deste padrão) sinaliza a continuidade do movimento anterior, e não reversão. Pouco disso é visto entre os analistas técnicos.

Em 2009, percebi esse movimento, que gerou forte continuidade. Tal padrão é repetido diariamente em gráficos intra-diários (para operações de day trade) em periodicidades de 1 minuto.

Palestras gratuitas recomendadas: Conrado Navarro, Leandro Martins, e outros convidados

Segue abaixo gráfico diário do Ibovespa em 2009, onde em vez de quebrar o pescoço, foi rompida a região do ombro direito, sinalizando continuidade da tendência de alta (e não reversão):

oportunidadesbolsa-06

O Ibovespa é nosso principal índice. Ele representa 80% do volume negociado e serve como termômetro do “sentimento” do nosso mercado de forma geral.

Recentemente tivemos a mesma sinalização, onde recomendamos no momento da quebra do ombro direito do OCO a compra, de vários ativos, amparadas por esse movimento:

oportunidadesbolsa-07

Conclusão e um convite

No próximo artigo, continuarei com exemplos reais e recentes de operações recomendadas em nosso programa Ponto a Ponto, ao vivo, na Rico.com.vc. Mostraremos toda a técnica utilizada.

Acompanhe você também! Basta fazer seu cadastro gratuito na Rico (clique aqui) e participar de nossas análises e aulas diárias durante o pregão! Um forte abraço e até a próxima!

Nota: Esta coluna é mantida pela Rico.com.vc, que contribui para que os leitores do Dinheirama possam ter acesso a conteúdo gratuito de qualidade.

Leandro Martins
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários