Comportamentos e atitudes que gostaria de ver em 2010Como faz a maioria da população, também pratico o ato de refletir sobre o ano que “sai” e o ano que “chega”, sempre na mesma época: no Natal. Reflito sobre metas, objetivos de vida, família, oportunidades e também sobre minhas atitudes e meu comportamento.  E é a respeito das reflexões sobre atitudes que quero escrever neste artigo. Meu objetivo hoje é, com sua ajuda, buscar responder à pergunta: o que podemos fazer nesse ano que vem chegando, ou torcer que aconteça em 2010?

Separei os temas sobre os quais quero comentar para que a visualização e o entendimento ocorram com maior facilidade. Vamos lá!

A forma como enxergamos as pessoas
Seria muito bom ver em 2010 pessoas valorizando mais e melhor outras pessoas. Costumo ver pequenos empreendimentos que surgem com o intuito de arrancar dinheiro do cliente e o máximo tempo de trabalho de seus funcionários e, sinceramente, acredito fortemente que esse não é o caminho para o sucesso, muito menos para a felicidade[bb].

Generosidade, honestidade e um pouco de consciência são importantes, não importando em qual degrau da escada você se encontra. Acima ou abaixo, não faz diferença. Não é a toa que as empresas que têm mais sucesso são aquelas que têm como meta principal, isto é, como missão intrínseca a sua existência, o foco em melhorar a vida da sociedade ou de um grupo específico de pessoas. Isso é ter significado, é pensar e se importar com as pessoas.

Valorização das ideias
Ficaria muito feliz se as pessoas em 2010 criassem o hábito de anotar os seus pensamentos e suas ideias. Para isso, é importante terem sempre ao lado um bloquinho de notas, um pedaço de papel, um celular ou seja lá o que for. O importante é valorizar e dar atenção aos pequenos pensamentos que temos.

É um exagero andar o tempo todo com um bloco de notas, eu sei. Eu mesmo não faço isso, mas anoto todas as ideias que tenho assim que posso, seja em um bloco de papel, no celular[bb] – quando estou afastado de todos esses componentes tento memorizá-la para anotá-la assim que for possível. E, por favor, seja organizado com suas anotações. Se não for assim, você corre o risco de perdê-las e, como consequência, perder a chance de ganhar dinheiro.

Fale sobre o que tem em mente
Uma situação muito comum é ver amigos e conhecidos me perguntarem questões a respeito de planos de negócios, marketing[bb], regulamentação da empresa, viabilização de uma ideia etc. Mas, quando sou eu que pergunto algo tipo “mas, então, do que se trata esse seu produto? O que a sua empresa faz?” a conversa toma um rumo de silêncio e, a partir daquele momento, em pouco segundos ela é encerrada. Eles têm medo de contar as suas ideias! É uma pena.

Toda vez que falar sobre a sua ideia, mais críticas você receberá e mais condições terá de avaliar se é viável ir em frente ou se é melhor “abandonar o barco”. Ouça todos os comentários e reflita sobre eles. Ignore também alguns comentários. Por fim, escolha para quem essas ideias serão contadas. Não considere entre seus confidentes aquele amigo que não leva nada a sério ou aquele em quem não confia.

Mas, é só isso?
Poderia ter falado aqui sobre aspectos relacionados ao governo, como formas de regulamentação e taxação de empresas que gostaria que fossem revisadas e melhoradas em 2010. Mas, esse não é o ponto. Me preocupei em falar aqui a respeito do que você,  e só você, pode fazer para melhorar e crescer, sem terceirizar a culpa do problema, falando mal do governo ou do mundo – sempre com a impressão de que se fizessem a parte deles, tudo seria mais fácil.

Essa não é a realidade atual, então vamos torcer para que ela mude. Mas, enquanto faz isso, mude a si mesmo tendo atitudes que facilitem a sua vida como empreendedor e que te estimulem a botar pra fazer! Tenha um Natal maravilhoso e um feliz Ano Novo! O ano muda, mas nós continuaremos aqui, buscando apoiá-lo e estimulá-lo a crescer e a evoluir na sua trajetória. Um grande abraço e até o ano que vem!

Este post participa da blogagem coletiva relacionada às previsões e desejos da blogosfera para o ano de 2010. Confira os artigos dos blogs colegas abaixo e informe-se sobre o que pensam os demais amigos da Internet:

Almanaque do Bem (Fabio Camatari)“Previsões do bem” para 2010
Gestão Feminina (Re Alves e Laryssa Martins)O que queremos para 2010
Administrando.biz (Claudinei Costa)Os Meus Objetivos para 2010
Blog Saia do Lugar (Millor Machado)2010: O ano em que a gestão vai para as nuvens
Blog do Beto Veiga (Humberto Veiga)Postagem que gostaria de fazer em 2010
MacMinds (Gino Olivato)iTablet: Uma tecnologia para viver em 2010!
Sobre Administração (Gustavo Periard)Desejo de grandes mudanças para 2010
Sucesso News (Vinícius Mont Serrat)Bola de Cristal 2010 – 5 previsões certeiras para o Ano Novo
Receita do Sucesso (Pedro Cardoso)O que eu quero em 2010: tecnologia
Admit (Estêvão Soares)Previsões para 2010 – Conheça o seu futuro
Escorpião no Bolso (Aécio Santos)Previsões 2010 do Escorpião no Bolso
Empreendedorismo do Bem (Horacio Poblete)Imagine o futuro, antecipe-se e influencie
Saia do Lugar (Luiz Piovesana)Em 2010 o bom atendimento vai reinar
Quero Ficar Rico (César França)Quero Continuar Ficando Rico – Previsões para 2010 (Parte 1)
Quero Ficar Rico (Rafael Seabra)Quero Continuar Ficando Rico – Previsões para 2010 (Parte 2)
Produzindo.net (Talita James)Algumas promessas para o Ano Novo
Chapa Branca (Hélio Teixeira)Desejos e “previsões” para 2010
Papo Econômico (Evelin Ribeiro)Os sonhos do Papo Econômico para 2010

Crédito da foto para stock.xchng.

Avatar
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários