Muitas pessoas desejam melhorar sua vida financeira mas não sabem por onde começar. Eles querem investir e multiplicar a riqueza, mas se veem presos aos obstáculos, às incertezas, às dificuldades e à falta de conhecimento. Por conta disso, a grande maioria nem chega a iniciar a caminhada e outros acabam desistindo ao longo do caminho.

Realmente, o caminho para o enriquecimento não é fácil nem rápido. No entanto, percorrer este caminho é perfeitamente possível e recompensador. Vale a pena investir algum tempo no aprendizado para ganhar mais tranquilidade financeira no presente e no futuro.

O Mindset necessário para enriquecer com saúde  

  1. Aumente a renda passiva

Renda passiva é a renda que não depende do trabalho. Existem quatro maneiras de produzir renda:

Ser empregado de alguém ou sendo autônomoNestas duas situações, a renda dependerá da força de trabalho e quanto mais tempo dedicado ao trabalho, maior será a renda. Entretanto, como o tempo é limitado, caso você deseje trabalhar mais para ganhar mais, terá que subtrair tempo de outras atividades, tais como lazer, estudo ou mesmo descanso. O seu ganho terá um teto, pois não há como trabalhar mais o que 24h por dia.

Estas duas formas de produzir renda geram a chamada renda ativa, isto é, renda que depende diretamente do trabalho. A grande maioria das pessoas tem o orçamento baseado na quantidade de renda ativa e passam a vida inteira neste caminho.

Ser dono do próprio negócio ou colocar seu dinheiro para trabalhar para vocêNestas duas formas, a renda não dependerá diretamente da sua força de trabalho. Mesmo sem trabalhar diretamente, haverá  renda decorrente. Neste caso não será necessário abrir mão dos momentos de lazer e seu patrimônio poderá aumentar infinitamente.

Estas duas últimas formas de obter renda são chamadas de renda passiva, isto é, aquela que não depende diretamente do trabalho. Ao longo da vida é aconselhável que se tenha cada vez menos renda ativa e cada vez mais renda passiva para que se possa manter o padrão de vida.

  1. Ser rico é muito mais do que apenas ter dinheiro

Ao contrário do que muitos podem pensar, os maiores benefícios de investir não é o ganho de dinheiro em si. Dinheiro é apenas um meio, não um fim.

Há dois grandes benefícios dos investimentos. O primeiro é o ganho de tempo,  afinal o tempo é o único bem que é finito e que não volta. Portanto, quanto mais dinheiro, mais tempo e quanto mais tempo, mais dinheiro.

O segundo benefício é o ganho de liberdade. Quando não se precisa trabalhar para ganhar dinheiro, as pessoas se tornam mais livres e podem usar esta liberdade para fazer escolhas melhores. Portanto, quanto mais dinheiro mais liberdade e quanto mais liberdade, mais dinheiro.

  1. O tempo é o maior aliado

Enriquecer significa multiplicar riqueza (recurso que foi poupado) por meio dos juros compostos (juros sobre juros) ao longo do tempo. Assim, para enriquecer é preciso ter recursos, usar adequadamente os juros compostos e usufruir do tempo. Estes são os ingredientes básicos para qualquer pessoa enriquecer.

Como afirmado por Albert Einstein, “O juro composto é a maior invenção da humanidade porque permite uma confiável e sistemática acumulação de riqueza.”

Agora vejamos os ingredientes para a criação e multiplicação da riqueza:

1) Recursos;

2) Juro composto;

3) Tempo

  1. Aumentar o patrimônio líquido

O patrimônio líquido (PL) é a verdadeira medida da riqueza de uma pessoa. Para entender o patrimônio líquido, primeiramente é preciso entender o que é ativo e passivo.

Ativo é todo bem ou direito que traz ganho ou lucro. Em suma, o ativo significa quanto se tem, por exemplo, uma  carteira de investimentos, sua profissão, imóveis alugados, etc. Já o passivo é todo bem ou obrigação que traz gasto ou prejuízo. São exemplos de passivo as dívidas, automóvel de uso pessoal, casa própria e o custo de oportunidade, ou seja, o passivo informa quanto se deve.

Reparem que um mesmo bem poderá se comportar como ativo ou como passivo, dependendo da forma como ele é utilizado. Por exemplo, um imóvel vazio é um passivo porque ele tem custos, no entanto, se este mesmo imóvel for alugado, ele passa a ser um ativo porque passará a gerar renda mensal com o aluguel.

Subtraindo-se o passivo do ativo (isto é, o quanto se tem menos o quanto se deve), tem-se o patrimônio líquido. O PL mostra quanto vale o patrimônio de uma pessoa. Para aumentar o PL deve-se reduzir o passivo, aumentar o ativo ou, mais aconselhável, fazer ambos.

Desta forma, com uma boa educação financeira, é possível aumentar o patrimônio líquido ao longo do tempo. O importante é começar o quanto antes pois já vimos que o tempo é um fator importante neste processo.

  1. Não há retorno sem um certo nível de risco

Todo retorno está associado a um certo nível de risco. Se não houvesse risco, simplesmente não haveria retorno. E, quanto maior o retorno que se busca, maior é o risco.

O gráfico mostra diversos tipos de investimentos em ordem crescente de relação retorno e risco, partindo-se do investimento considerado o de menor risco e também com o retorno mais baixo que são os produtos de renda fixa, passando por imóveis, ações e, por último, o negócio próprio que apresenta a maior relação retorno risco.

  1. A diversificação reduz o risco

Toda pessoa, ao investir, busca três benefícios: rentabilidade, liquidez e segurança, não necessariamente nesta ordem. A única forma de obter o melhor de cada produto de investimento é diversificando, isto é ter, na carteira de investimentos, uma determinada proporção de produtos que consiga maximizar cada uma destas características. 

  1. Pague um boleto a você mesmo

Não é aconselhável gastar tudo o que se ganha. Deve-se usar uma parte do ganho para pagar as despesas essenciais, uma parte para manter o padrão de vida e uma parte para investimentos. Mas, o quanto?

Estima-se que 50% do que se ganha deve ser usado para as despesas essenciais, 35% deve ser usado para custear seu estilo de vida e o restante, 15%, deve ser investido para garantir um futuro tranquilo.

Você já paga muitas contas todos os meses. Reserve 15% do seu salário e pague um boleto para você mesmo.

Estes conceitos irão calibrar a sua mente no modo “rico” e ajudarão você a se sentir confortável ao adentrar o maravilhoso universo do enriquecimento com saúde.

Com o entendimento destes princípios vocês estarão aptos a iniciarem os passos para aproveitarem as oportunidades que os investimentos oferecem e se tornarem pessoas verdadeiramente ricas.

Francinaldo Gomes
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários