Home Economia e Política Confiança do consumidor dos EUA cai em abril e expectativas de inflação aumentam

Confiança do consumidor dos EUA cai em abril e expectativas de inflação aumentam

A leitura preliminar da Universidade de Michigan sobre o índice geral de confiança do consumidor ficou em 77,9 este mês, em comparação com uma leitura final de 79,4 em março

por Reuters
0 comentário

A confiança do consumidor dos Estados Unidos diminuiu em abril, enquanto as expectativas de inflação para os próximos 12 meses e depois aumentaram, mostrou uma pesquisa nesta sexta-feira.

A leitura preliminar da Universidade de Michigan sobre o índice geral de confiança do consumidor ficou em 77,9 este mês, em comparação com uma leitura final de 79,4 em março.

Desde janeiro, o índice tem permanecido em uma faixa muito estreita de 2,5 pontos, bem abaixo dos 5 pontos que a Universidade de Michigan disse serem necessários para uma diferença estatisticamente significativa nas leituras. Economistas consultados pela Reuters previam um resultado preliminar de 79,0.

“De modo geral, os consumidores estão reservando seu julgamento sobre a economia à luz da próxima eleição, que, na opinião de muitos consumidores, pode ter um impacto substancial sobre a trajetória da economia”, disse a diretora de Pesquisas dos Consumidores, Joanne Hsu, em um comunicado.

A leitura da pesquisa para as expectativas de inflação para um ano aumentou a 3,1% em abril, de 2,9% em março, subindo um pouco acima da faixa de 2,3% a 3,0% observada nos dois anos anteriores à pandemia de Covid-19. A perspectiva de inflação de cinco anos aumentou para 3,0%, de 2,8% no mês anterior.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.