Home Economia e Política Confiança econômica da zona do euro aumenta em novembro

Confiança econômica da zona do euro aumenta em novembro

As expectativas de inflação entre os consumidores diminuíram pelo segundo mês consecutivo, enquanto as expectativas de preços de venda entre os fabricantes caíram para uma mínima de três anos

por Reuters
0 comentário
Euro

A confiança econômica da zona do euro aumentou ligeiramente pelo segundo mês consecutivo em novembro, em linha com as expectativas, uma vez que uma modesta melhora no sentimento sobre o setor de serviços, varejo e entre os consumidores superou um declínio na confiança da indústria.

A pesquisa mensal da Comissão Europeia, divulgada nesta quarta-feira, mostrou que a confiança econômica nos 20 países que compartilham o euro subiu para 93,8 pontos, em comparação com os 93,5 de outubro, em dado revisado. Economistas consultados pela Reuters esperavam um aumento para 93,7 pontos.

A confiança de serviços, o maior setor da economia da zona do euro, aumentou contra as expectativas de um declínio, enquanto que no setor industrial a confiança recuou contra expectativas de uma melhora.

As expectativas de emprego diminuíram devido a planos menos otimistas entre os gerentes de serviços. Os planos da indústria e do varejo quase não foram alterados e os da construção foram mais otimistas.

As expectativas de inflação entre os consumidores diminuíram pelo segundo mês consecutivo, enquanto as expectativas de preços de venda entre os fabricantes caíram para uma mínima de três anos.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Faça parte da rede “O Melhor do Dinheirama” com as melhores análises e notícias

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.