Home Meio Ambiente Confira a previsão do tempo entre os dias 13 e 29 de maio de 2024

Confira a previsão do tempo entre os dias 13 e 29 de maio de 2024

Inmet destaca a importância de acompanhar as atualizações da previsão do tempo e avisos meteorológicos especiais no site e nas redes sociais

por Inmet
0 comentário

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) concluiu, nesta segunda-feira (13), a previsão do tempo para as próximas duas semanas.

Na primeira, entre os dias 13 e 20 de maio, a semana poderá apresentar acumulados de chuva que poderão ultrapassar 60 milímetros (mm) – tons em laranja -, em áreas das Regiões Norte e Nordeste.

Isso se deve à combinação do calor e alta umidade que continua influenciando as instabilidades nas regiões e provocando chuvas intensas.

Previsão para a 1ª semana (13/05/2024 a 20/05/2024):

Região Norte: a combinação do calor e alta umidade irá provocar pancadas de chuvas no decorrer da semana, com valores maiores que 60,0 mm em áreas do centro-norte do Amazonas e do Pará, bem como nos estados de Roraima e Amapá.

Essas chuvas podem vir acompanhadas de raios, rajadas de vento e trovoadas. Nas demais áreas, não se descartam pancadas de chuvas isoladas com menores acumulados.

Região Nordeste: há previsão de chuvas no norte do Maranhão, onde os acumulados de chuva podem ultrapassar os 70 mm.

Na costa leste, as instabilidades na região devido ao transporte de umidade do oceano para o continente favorecerão a ocorrência de chuvas, que podem superar 40 mm. Já no interior da região, a previsão é de tempo quente e sem chuva.

Regiões Centro-Oeste e Sudeste: será de tempo quente e seco, exceto em áreas de Mato Grosso, São Paulo e Espírito Santo, onde deve ocorrer chuvas rápidas e passageiras.

Região Sul: a semana se inicia com pancadas de chuvas isoladas em áreas de Santa Catarina e Paraná, devido a um sistema frontal que deve favorecer a formação de instabilidades com ventos que podem superar os 60km/h.

Porém, a partir do dia 17, a passagem de um novo sistema frontal irá provocar volumes de chuvas que podem vir acompanhadas de trovoadas e rajadas de vento na região, especialmente em Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Desta forma, o Inmet destaca a importância de acompanhar as atualizações da previsão do tempo e avisos meteorológicos especiais no site e nas redes sociais.

Figura 1: Previsão de chuva para 1ª semana (13/05/2024 e 20/05/2024). Fonte: INMET.

Previsão para a 2ª semana (21/05/2024 a 29/05/2024):

Região Norte: os maiores acumulados de chuva devem ocorrer no centro norte do Amazonas, oeste do Acre, Roraima, oeste do Pará e do Amapá, com acumulados que podem superar 70 mm.

Nas demais áreas, os volumes devem ser inferiores a 40 mm e em algumas localidades do Tocantins e sul do Pará, não há previsão de chuva.

Região Nordeste: a previsão é de chuvas em forma de pancadas que podem superar os 40 mm no norte dos estados do Maranhão, Piauí e na faixa leste da região. Nas demais áreas, são previstos menores acumulados de chuvas.

Regiões Centro-Oeste e Sudeste: a previsão é de tempo seco e quente, exceto no leste da Região Sudeste, onde podem ocorrer chuvas rápidas e passageiras, com volumes inferiores a 80 mm.

Região Sul: a previsão é de pancadas de chuvas que podem superar 90 mm no centro-leste do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, além do sul do Paraná. No restante da região, a previsão é de menores acumulados.

O INMET é um órgão do Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) e representa o Brasil junto à Organização Meteorológica Mundial (OMM) desde 1950.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.