Enfim, chegamos ao último mês de um ano realmente muito difícil. E lamentamos, mas o ano de 2016 não será diferente.

O cenário macroeconômico não é nada animador:

  • Índices de desemprego subindo sistematicamente;
  • Preço da energia elétrica disparou (e não dá sinais de diminuição);
  • Ociosidade da indústria chegou a níveis recordes;
  • Ajuste fiscal do governo pesando no bolso do contribuinte;
  • Possível volta da CPMF; etc.

Então, vamos procurar algo bom nisso tudo.

Como muitos sabem (alguns por experiência própria), em meio às crises, sempre há boas oportunidades de investimentos para aqueles que estão atentos e preparados para aproveitá-las. O problema é saber quais são estes investimentos. É necessário muito conhecimento e análise de mercado para encontrá-los.

Para ajudar você a decidir sobre o que fazer com seu dinheiro em 2016, recorremos aos colegas da Empiricus, nossa parceira de conteúdo, que conta com uma sólida equipe de analistas com certificação CNPI.

Eles fizeram este trabalho de “garimpar” aqueles que são os 5 melhores investimentos para você lucrar em 2016 e montaram um relatório.

A Empiricus faz um trabalho muito sério neste sentido. Em 2014, antes do agravamento da crise, eles também fizeram uma analise criteriosa da economia e recomendaram, por exemplo, o investimento em dólar, quando a cotação estava por volta de R$ 1,90. É possível aos especialistas extraírem sinais da economia e dos mercados, mas poucos estão interessados em levar isso ao investidor comum. É nisto que a Empiricus se diferencia.

Então, para conhecer quais são os 5 melhores investimentos para você lucrar em 2016, clique aqui para ser direcionado para a página exclusiva com mais detalhes sobre o relatório. É gratuito.

Até a próxima!

Nota: Esta coluna é mantida pela Empiricus, que contribui para que os leitores do Dinheirama possam ter acesso a conteúdo gratuito de qualidade.

Foto “New Year 2016”, Shutterstock.

Empiricus Research
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários