Home Finanças Pessoais Conheça as ações preferenciais e como investir

Conheça as ações preferenciais e como investir

As ações preferenciais têm identificações próprias para não haver equívoco na hora de escolher

por Blog do Serasa
3 min leitura

No mercado financeiro, as ações funcionam como uma propriedade. Quando é feito o investimento em uma ação, o investidor adquire uma fatia de uma empresa, ou seja, passa a ser parte do quadro de sócios e a receber dividendos dos lucros que essa empresa gera.

Saiba neste artigo o que são ações preferenciais, um tipo de ação que oferece maior garantia de recebimento de dividendos.

O que são ações preferenciais

Esse tipo de ação, como o próprio nome diz, oferece mais vantagens e benefícios para quem as adquire. Elas garantem o acesso antecipado e preferencial à liquidação das ações de uma companhia. Ou seja: os acionistas preferenciais são os primeiros a receber os dividendos.

Em casos nos quais não há lucros suficientes a serem distribuídos a todos os acionistas, os preferenciais são os primeiros a receber a liquidez. Ou seja, esse tipo de ação apresenta muito mais segurança em relação às ações ordinárias. 

Como saber se estou comprando ações preferenciais?

As ações preferenciais têm identificações próprias para não haver equívoco na hora de escolher. Diferentemente das ações ordinárias, classificadas a partir do número 3 na nomenclatura, as ações preferenciais podem ser identificadas a partir da presença do número 4 ao final de cada sigla que nomeia os ativos da empresa. Por exemplo:

  • ●      Ação preferencial: PETR4.
  • ●      Ação ordinária: NUBR33.

Não tem segredo, se a sigla termina com o numeral 4, trata-se de ação preferencial. Além disso, as classificações ainda podem ter outros números para diferenciar a categoria, por isso é importante conhecer ou consultar uma corretora de investimentos.

Ações preferenciais e ações ordinárias: entenda as diferenças

Diferentemente das ações ordinárias, as preferenciais não concedem aos acionistas o direito de voto nas assembleias. Por outro lado, elas garantem a prioridade na distribuição dos proventos ou no reembolso do capital investido. 

Logo, o valor investido e o lucro são garantidos de forma muito mais segura. Além disso, elas podem dar preferência de pagamento aos investidores também no caso de falência e liquidação da empresa.

Day Trade, Mercados, Ações
(Imagem: Freepik/@ standret)

Por isso, ações preferenciais podem ser a melhor escolha para quem procura opções rentáveis e um pouco mais seguras para fazer o dinheiro render. 

Todo investimento em ações tem riscos. Antes de investir, é importante entender todos eles e investir com consciência. Geralmente esse tipo de investimento é recomendado apenas para objetivos de longo prazo. 

O que fazer com os dividendos das ações preferenciais?

Ao decidir investir em ações em busca de receber dividendos, é importante manter um planejamento financeiro. Saber de antemão o objetivo e direcionamento dos valores percebidos com os ganhos é uma motivação e ajuda a alcançar as metas traçadas. Por isso, separamos dicas para ajudar na conquista da liberdade financeira.

  • ●      Reinvista o dinheiro

A melhor forma de garantir mais dinheiro no futuro é reinvestir os dividendos que recebe hoje.

No início, essa distribuição de lucros não será o suficiente para viver de renda, podem ser apenas alguns centavos. O mais importante é ter consistência e continuar investindo para aumentar essa renda passiva.

  • ●      Negocie dívidas

Sair do vermelho exige comprometimento. Uma opção para renegociar e quitar suas dívidas muito mais rápido é utilizar os proventos recebidos das ações preferenciais. Elas podem potencializar a organização das contas e o planejamento financeiro.

Para dar fim de vez ao círculo vicioso do endividamento, é importante que o valor total seja distribuído de forma inteligente, considerando o quanto recebe mensalmente e o quanto tem de dívidas.

  • ●      Crie uma reserva financeira

Se ainda não tiver, é importante priorizar a criação de uma reserva financeira. A reserva financeira é um elemento fundamental para uma saúde financeira em dia. Por isso, um dos melhores destinos do dinheiro obtido por ativos é a criação de uma reserva de emergência.

Mesmo que seja pouco, ter uma reserva financeira trará tranquilidade no futuro para passar por diversos tipos de imprevistos no orçamento. Porém, esse dinheiro deve ser administrado com cautela. Evite gastar o saldo da reserva com gastos que não são emergenciais.

Lembre-se de que o foco é ter segurança financeira. Para construir uma reserva para um futuro seguro e tranquilo, uma das melhores medidas é garantir que parte da renda mensal vá para essa reserva financeira.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.