Nessas últimas semanas, recebemos muitas perguntas dos leitores sobre investimentos. Uma parte significativa delas é a respeito da “quantia ideal para investir”. Qual o mínimo que preciso ter para iniciar no mundo dos investimentos? Tenho pouco dinheiro, vale a pena investir mesmo assim? Quais são os investimentos ideais?

O que você, caro leitor, precisa entender é: não existe quantia ideal, muito menos mínimo para investir. Essa resposta vai variar de pessoa para pessoa, de perfil para perfil, de investidor para investidor.

Conheça os investimentos ideais para 1, 3 e 5 anos

A live com aproximadamente uma hora de duração teve participação da Carol Guedes do time de investimentos da modalmais e o educador financeiro Conrado Navarro, fundador do Dinheirama.

Se você tem planos para 1, 3 e 5 anos, essa live é indicada para você! Carol Guedes e Conrado Navarro mostram os melhores e mais indicados investimentos para esses prazos e buscam te convencer que você pode chegar onde quiser, fazendo um bom planejamento e investindo corretamente.

O que você vai ver nesta live:

  • Quais são seus planos para os próximos anos?
  • Invista de acordo com seu perfil
  • Investimento Prefixado x Pós fixado
  • Fundos de Investimento
  • Inflação x Selic x CDI
  • As melhores opções para um prazo de até 5 anos

Fizemos questão de resgatar o vídeo, e apresenta-lo em sua totalidade aqui no Dinheirama, acompanhe:

O melhor conteúdo de finanças no Brasil

Para que tenha acesso aos melhores produtos e conteúdo você precisa apenas assinar o canal da modalmais no YouTube. (Clique para assinar gratuitamente).

Não esqueça de ativar a opção de ser avisado sobre os novos conteúdos. Além de acompanhar as ofertas semanais, ao assinar o canal do Youtube da modalmais você também terá acesso a conteúdo diário de educação financeira, investimentos e economia.

Aproveite o melhor time de educação financeira do Brasil em um único lugar, somos modalmais.

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários