Home Empresas Conselho da Petrobras deve aprovar diretores novos na sexta-feira

Conselho da Petrobras deve aprovar diretores novos na sexta-feira

As mudanças nas diretorias fazem parte de uma transição na estatal, após o presidente Luiz Inácio Lula da Silva ter destituído Jean Paul Prates

por Reuters
3 min leitura

Os três indicados para a diretoria-executiva da Petrobras (PETR3; PETR4) pela presidente Magda Chambriard devem ter seus nomes aprovados na próxima reunião do conselho de administração da empresa, na sexta-feira, segundo três fontes que falaram à Reuters em condição de sigilo.

Devem ser aprovados para os cargos o economista Fernando Melgarejo como novo CFO, a matemática Renata Baruzzi para liderar a diretoria de Engenharia, Tecnologia e Inovação, e a geóloga Sylvia dos Anjos como diretora de Exploração e Produção.

Os nomes foram indicados em 14 de junho e as aprovações ocorrerão após passarem por análises, testes de integridade e avais de comitês internos da companhia.

“Vai estar na reunião de sexta, serão aprovados”, disse uma das fontes em sigilo.

“A perspectiva é de aprovação dos indicados”, adicionou uma segunda fonte.

Procurada, a Petrobras não respondeu imediatamente a pedidos de comentários.

As mudanças nas diretorias fazem parte de uma transição na estatal, após o presidente Luiz Inácio Lula da Silva ter destituído Jean Paul Prates em maio para colocar a engenheira Magda Chambriard, em busca de acelerar investimentos da estatal, de forma a gerar emprego e renda.

Outras trocas em posições e cargos da empresa abaixo da diretoria vêm ocorrendo desde a mudança no comando da estatal.

“São mudanças normais e naturais de quando você muda a liderança. Mas o foco é mexer com as estruturas para ganhar mais rapidez na tomada de decisão que influencia no ritmo dos investimentos”, adicionou uma terceira fonte.

Após a cerimônia de posse de Chambriard na semana passada, a presidente afirmou que não promoveria mais trocas na diretoria executiva para além daquelas já anunciadas.

Uma das fontes pontuou que a futura diretora de Exploração e Produção, Sylvia dos Anjos, “é da escola do Guilherme Estrella, o pai do pré-sal”.

“É uma referência no mercado e um sinal claro que a Petrobras vai em busca do aumento de suas reservas e de acelerar o portfólio que tem”, acrescentou. “Vai ser um peça-chave para novas fronteiras como Pelotas e Margem Equatorial.”

O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, afirmou a jornalistas nesta quarta-feira acreditar “piamente” que o Ibama dará o sinal verde para o avanço da busca por petróleo na Margem Equatorial brasileira, permitindo que o país “conheça suas potencialidades”.

A Margem Equatorial é uma extensa área que vai do Rio Grande do Norte ao Amapá, com enorme potencial para descobertas de petróleo, mas também imensos desafios socioambientais.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.