Home Imóveis Construção de grandes obras terá impulso de tecnologia digital

Construção de grandes obras terá impulso de tecnologia digital

A iniciativa tem como objetivo impulsionar o uso da tecnologia BIM no Brasil, um conjunto de softwares e ferramentas que promove a transformação digital no setor da construção

por Redação Dinheirama
0 comentário

Nesta segunda-feira (22/01), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou um decreto que cria a Estratégia Nacional de Disseminação do BIM (Modelagem de Informação da Construção).

A iniciativa tem como objetivo impulsionar o uso da tecnologia BIM no Brasil, um conjunto de softwares e ferramentas que promove a transformação digital no setor da construção.

A Estratégia BIM-BR faz parte das ações da Nova Indústria Brasil, buscando fortalecer as cadeias produtivas nacionais de construção e obras de infraestrutura por meio do uso de sistemas construtivos digitais. Além disso, a estratégia está prevista no Novo PAC, que propõe a adoção do BIM em obras estratégicas.

A Estratégia BIM-BR delineia três grandes ações. A primeira foca no uso do BIM em obras públicas, alinhando-se à nova lei de licitações e contratos.

A segunda ação concentra-se na capacitação e formação profissional em BIM, ajustando a política educacional às necessidades da transformação digital na construção civil.

A terceira ação apoia o desenvolvimento de novas aplicações em BIM, incentivando a concorrência e permitindo que mais desenvolvedores entrem no mercado de softwares de modelagem de informação da construção.

O Comitê Gestor da estratégia será presidido pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC) e contará com representantes de diversos ministérios.

O BIM, sigla para “Building Information Modelling” ou Modelagem de Informação da Construção, é um conjunto integrado de processos e tecnologias que permite criar, utilizar, atualizar e compartilhar modelos digitais de uma construção colaborativamente durante todo o ciclo de vida do empreendimento.

Em termos simples, o BIM é uma “construção virtual” antes da execução da obra. Além disso, a tecnologia permite simular a pegada de carbono de cada projeto, facilitando a comparação dos impactos ambientais. A iniciativa visa não apenas impulsionar a eficiência e reduzir custos no setor de construção, mas também contribuir para a descarbonização e sustentabilidade.

(Com informações da Agência Gov)

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Faça parte da rede “O Melhor do Dinheirama” com as melhores análises e notícias

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.