Para muitos, o negócio próprio é uma grande oportunidade para conquistar uma vida melhor. No entanto, algumas características e habilidades são fundamentais para garantir o sucesso de quem decide empreender.

Conhecimento técnico, olho vivo na concorrência, organização pessoal e liderança fazem parte do dia a dia do empreendedor, que precisa ainda manter controle emocional para não sucumbir diante dos desafios diários, especialmente no Brasil.

O que é controle emocional?

O controle emocional é a capacidade que uma pessoa tem de lidar com sentimentos e emoções, sabendo se adaptar às situações diversas e aos estímulos externos, sejam eles positivos ou negativos.

Ter controle emocional é importante para todos os profissionais. No caso do empreendedor, esta habilidade é considerada primordial para o sucesso.

Leitura recomendada: Inteligência emocional e prioridades: a combinação perfeita para resolver problemas financeiros

Qual a importância do controle emocional?

Ser empreendedor é muito mais do que apenas ter um negócio próprio. O empreendedor é aquele que consegue visualizar oportunidades no mercado, utilizando a criatividade para inovar e para atender a demandas.

Ele é capaz de transformar uma pequena ideia em realidade, promovendo mudanças econômicas, sociais e culturais.

O Brasil é um dos países mais empreendedores do mundo. Porém, as pessoas que buscam abrir um negócio hoje no país são, em grande parte, empreendedores por necessidade, ou seja, pessoas que precisam, por diversos motivos, abrir um negócio, muitas vezes por estarem desempregadas ou por necessidade de uma renda complementar.

Este é, provavelmente, um dos motivos pelos quais muitos desses empreendedores não conseguem alcançar o sucesso e acabem fazendo parte das estatísticas de negócios fechados em pouco tempo.

Isto significa que conhecer o perfil adequado para o empreender e buscar o desenvolvimento de habilidades e características empreendedoras é fundamental para se conquistar o sucesso. O controle emocional é um dos fatores essenciais porque equilibra desafios, demandas, pressão, família e desejos.

Leitura recomendada: Empreender, uma busca por sentido (o dinheiro e o sucesso serão consequência)

Por que o empreendedor precisa ter controle emocional?

O controle emocional é a base da vida de qualquer empreendedor. Ter um negócio próprio significa saber lidar com diversos tipos de pessoas, sejam eles funcionários, fornecedores, parceiros de negócios, sócios, investidores, entre outros.

Para que o empreendedor consiga manter adequadamente estes relacionamentos de negócios, ele precisa ter a capacidade de entender as necessidades e os sentimentos destas pessoas, além de saber comunicar adequadamente suas próprias necessidades e também conseguir unir os interesses, criando uma visão comum.

Além disso, o empreendedor vive constantemente sobre a pressão do mercado e de seus concorrentes, e por isso precisa ter sempre o equilíbrio entre razão e a emoção para fazer a adequada tomada de decisões.

Leitura recomendada: 5 Coisas que você precisa saber antes de largar o emprego para empreender

Como desenvolver o controle emocional?

Infelizmente, não existe um curso ou um treinamento específico para se desenvolver o controle emocional. Esta habilidade é desenvolvida com a prática e com a exposição a situações de todo tipo (fracasso, frustração, sucesso e por aí vai). O envolvimento e o contato diário com diferentes tipos de pessoas ajudam muito também.

Aprenda a entender a forma como as pessoas enxergam as situações; tente se colocar no lugar do outro, escute mais, procure pensar antes de agir, tenha mais paciência e procure criar novas formas de lidar com as mesmas questões, encontrando respostas diferentes e desenvolvendo e testando seu controle emocional.

Ter controle emocional é uma das características mais importantes para o empreendedor de sucesso, pois ajuda em praticamente todas etapas de sua vida.

Leitura recomendada: 10 Lições de Elon Musk sobre inovação e empreendedorismo

Conclusão

A experiência e a resiliência talvez sejam duas necessidades para o empreendedor, afinal sobreviver no começo é o grande desafio. Por isso, aposte em organização e planejamento para não perder o foco e não se desviar do caminho. A força capaz de manter você preparado diante de tudo isso chama-se controle emocional. Até a próxima!

Foto “Happy or sad”, Shutterstock.

Ricardo Pereira
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários