Home Comprar ou Vender Aquisição da participação na Vale, por dívida, enfraqueceu o crédito da Cosan, diz Fitch

Aquisição da participação na Vale, por dívida, enfraqueceu o crédito da Cosan, diz Fitch

A Fitch considera que a aquisição trouxe benefícios moderados ao perfil de negócios da Cosan, proporcionando uma maior diversificação de ativos

por Redação Dinheirama
0 comentário

A Fitch Ratings destaca a importância dos desinvestimentos de ativos nos próximos dois a três anos como parte essencial da estratégia de desalavancagem da Cosan (CSAN3).

A empresa, que adquiriu uma participação minoritária na Vale (VALE3) em 2022, enfrentou aumento no endividamento, impactando sua alavancagem.

Aquisição na Vale impacta alavancagem

A operação de aquisição da participação minoritária na Vale S.A., realizada por meio de uma estrutura de financiamento complexa no final de 2022, contribuiu para o aumento do endividamento da Cosan.

Apesar dos dividendos adicionais provenientes da participação na mineradora, a alavancagem da empresa foi pressionada.

A Fitch considera que a aquisição trouxe benefícios moderados ao perfil de negócios da Cosan, proporcionando uma maior diversificação de ativos.

Desinvestimentos para desalavancagem

A Fitch enfatiza que desinvestimentos significativos são cruciais para a redução da dívida da Cosan, especialmente no âmbito da holding, onde a dívida é mais expressiva.

Os desinvestimentos podem incluir uma diminuição na participação de ativos-chave, como Moove Lubrificantes, Compass e Raízen (RAIZ4).

Estes ativos, apesar de valiosos, oferecem à Cosan uma oportunidade de ganhar flexibilidade financeira para sustentar seus esforços de desalavancagem.

Abordagem estratégica para redefinir perfil de crédito

Gustavo Mueller, diretor de finanças corporativas da Fitch, destaca: “A aquisição da participação na Vale, financiada por dívida, enfraqueceu os indicadores de crédito da Cosan. A empresa precisa realizar desinvestimentos relevantes para reduzir sua dívida, sendo elevada, principalmente no âmbito da holding.” A estratégia de desinvestimentos é vista como uma abordagem crucial para redefinir o perfil de crédito da Cosan.

Desafios e oportunidades

Os desafios financeiros enfrentados pela Cosan incentivam a busca por oportunidades estratégicas de desinvestimento. Com a expectativa de que tais iniciativas proporcionem flexibilidade financeira e contribuam para a desalavancagem, a empresa se encontra diante de um momento crucial para redefinir seu rumo no mercado.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.