Home Economia e Política CPI da Braskem aprova convocação de CEO da companhia e autoridades

CPI da Braskem aprova convocação de CEO da companhia e autoridades

A companhia virou alvo de uma CPI após novo episódio de afundamento de solo em bairro de Maceió, devido ao colapso de uma mina de exploração de sal-gema

por Reuters
0 comentário
(Imagem: Reprodução/REUTERS/Jonathan Lins/Foto de arquivo)

Integrantes da CPI da Braskem (BRKM5) aprovaram nesta quarta-feira a convocação de nove pessoas para prestarem depoimento à comissão, entre elas o diretor-presidente da petroquímica, Roberto Bischoff, e o diretor-geral da Agência Nacional de Mineração (ANM), Mauro Henrique Moreira Sousa.

Na véspera, a Comissão Parlamentar de Inquérito já havia aprovado o plano de trabalho do relator, senador Rogério Carvalho (PT-SE), prevendo eixos de atuação até o dia 22 de maio, prazo limite para o funcionamento da comissão se ela não for prorrogada. Os senadores também votaram a favor de uma série de requerimentos de informações na terça.

A companhia virou alvo de uma CPI após novo episódio de afundamento de solo em bairro de Maceió, devido ao colapso de uma mina de exploração de sal-gema.

Assessores e consultores de investimentos ganham R$ 15.000/mês; saiba como seguir carreira

A exploração do sal-gema em Maceió foi realizada entre 1976 e 2019 e interrompida após bairros da cidade passarem a registrar rachaduras em ruas e em edifícios, diante da movimentação de enormes cavidades criadas como consequência da mineração. A Braskem comandava as atividades de exploração desde 2002, ano de sua fundação.

Os depoimentos começam na manhã da próxima terça-feira, quando serão ouvidos os professores da Universidade Federal de Alagoas João Abel Galindo Marques e Natallya de Almeida Levino e o doutor e ativista em ecologia José Geraldo Marques.

“É uma convocação, são pessoas que vão dar início a esse trabalho da CPI para a gente se inteirar tecnicamente do que está acontecendo lá no Município de Maceió”, disse o presidente da CPI, senador Omar Aziz (PSD-AM).

Desempenho da Braskem em 12 meses

De acordo com Carvalho, eles deverão apresentar estudos sobre as consequências da extração do sal-gema pela Braskem na cidade de Maceió.

Na sequência, prestam depoimento na quarta-feira Mauro Henrique Sousa, diretor-geral da Agência Nacional de Mineração (ANM), e Thales Sampaio, coordenador dos estudos da antiga Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM, atual Serviço Geológico do Brasil), que responsabilizou a Braskem pelo desastre.

Entre outros, também foi convocado Marcelo Arantes, diretor de Comunicação da Braskem.

Aziz sugeriu que fosse retirado um requerimento de convocação a Marcelo Pessoa de Aquino França Filho, delegado responsável pela operação “Lágrimas de Sal”, posição que teve o apoio do colegiado.

“Esse inquérito ainda se encontra sob sigilo e o delegado não tem como falar sobre esse assunto ainda na CPI. Posteriormente, nós iremos ter acesso a isso de uma forma mais sigilosa e poderemos conversar com ele”, argumentou o presidente da CPI.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.