Home Economia e Política Criação de vagas no setor privado dos EUA fica abaixo do esperado em fevereiro, mostra ADP

Criação de vagas no setor privado dos EUA fica abaixo do esperado em fevereiro, mostra ADP

Foram abertos 140.000 postos de trabalho no setor privado no mês passado, depois 111.000 em janeiro em dado revisado para cima, segundo o relatório ADP Employment

por Reuters
3 min leitura

A criação de vagas de trabalho no setor privado dos Estados Unidos ficou um pouco abaixo do esperado em fevereiro, mostraram dados nesta quarta-feira.

Foram abertos 140.000 postos de trabalho no setor privado no mês passado, depois 111.000 em janeiro em dado revisado para cima, segundo o relatório ADP Employment.

Economistas consultados pela Reuters previam abertura de 150.000 vagas no mês passado, em comparação com os 107.000 relatados anteriormente em janeiro.

O relatório da ADP, desenvolvido em conjunto com o Laboratório de Economia Digital de Stanford, foi publicado antes da divulgação, na sexta-feira, do relatório de emprego mais abrangente do Departamento do Trabalho para fevereiro.

Ele tende a exagerar a desaceleração do mercado de trabalho em comparação com os dados oficiais de emprego.

De acordo com uma pesquisa da Reuters com economistas, o Departamento do Trabalho deve informar abertura de 160.000 vagas de emprego no setor privado no mês passado, depois de 317.000 em janeiro.

A abertura total de postos de trabalho fora do setor agrícola foi estimada em 200.000, contra 353.000 no mês anterior. A previsão é de que a taxa de desemprego permaneça em 3,7% e que o crescimento anual dos salários diminua de 4,5% em janeiro para 4,4%.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.