No próximo dia 12 de outubro, quarta feira, será o Dia das Crianças. É fácil falarmos dos presentes que costumamos dar, como brinquedos, roupas novas ou até passeios diferentes nesta data, para alegrar nossos filhos.

Por outro lado, raramente os presenteamos pensando no futuro, na faculdade, em um valor para dar entrada em um futuro imóvel ou até na aposentadoria.

Meu presente de nascimento

Quando eu nasci, minha mãe me “presenteou” com uma caderneta de poupança, cujo resgate só poderia ser feito quando eu completasse 18 anos.

Pois bem, depois de tantos anos reservando um valor por mês, me recordo que saquei um valor ínfimo, pensando no que eu conseguiria fazer com aquele recurso financeiro, principalmente levando em consideração a taxa de inflação de todos estes anos.

Obviamente que na época (e até hoje), agradeço a ela por essa reserva, pensando na minha pessoa.

Por atuar no mercado financeiro e entender das melhores oportunidades de investimentos, eu poderia ter orientado a pessoa mais importante da minha vida, e ainda resgatar um valor muito superior àquele da época.

Ebook gratuito recomendado: Invista e Construa o Futuro dos seus Filhos

O presente para os seus filhos

Pois bem, pensando nisso, nesse futuro e na segurança que as pessoas buscam quando falamos de investimento de longo prazo, recomendamos o que visualizamos de melhor no momento, que são os títulos do Tesouro Direto.

É algo mais simples do que parece: estes títulos são emitidos pelo Governo federal, e quando você os compra, recebe uma remuneração corrigida no período, que pode ser indexada pela inflação ou pela taxa de juros.

Para o longo prazo, acredito que a melhor recomendação hoje sejam os títulos do Tesouro IPCA, aqueles indexados à inflação do nosso país.

Neles você ganha uma taxa prefixada no momento da compra, que está em cerca de 6% ao ano, mais a inflação no período, garantindo assim seu poder de compra ao longo do tempo.

Apenas como base de comparação, para você saber, a poupança rende cerca de 6% ao ano, ou seja, os títulos podem trazer benefícios muito maiores no longo prazo.

Não tenha dúvidas

Outras dúvidas que podem surgir:

  • Qual é a aplicação mínima?
  • É possível realizar aportes mensais?
  • Qual o prazo destas aplicações?

Para iniciar, com pessoa física, você pode investir a partir de R$ 80,00 e realizar quantas aplicações mensais desejar, desde R$ 30,00 até o valor de R$ 1 milhão.

Em relação ao prazo, há vencimentos diversos destes títulos, que podem variar, e chegam até “apenas” 2050.

Meu objetivo aqui é mostrar que você pode optar por este título com vencimento mais longo, ou aquele que tem seu vencimento em 2035, ou seja, daqui a 19 anos.

Vídeo recomendado:  Educação financeira e crianças: o verdadeiro legado para o futuro de nossos filhos

Se o seu filho está para nascer ou é recém-nascido, vejo este último como o mais recomendável.

Para exemplificar a você, nesta semana mesmo eu tive duas reuniões com mulheres grávidas, e mostrei os benefícios dos títulos do Tesouro, sugerindo a importância das futuras mamães pensarem neste presente para os filhos.

Os riscos são muito baixos

Outra pergunta que não passa em branco é em relação aos riscos dessa aplicação.

Minha resposta é sempre a mesma: todo investimento tem risco, sendo alguns mais arriscados e outros mais conservadores, a depender de quem é o emissor, garantias, etc.

No caso dos títulos do Tesouro, o emissor é o Governo Federal, ou seja, o risco é extremamente baixo e fica minimizado se levarmos em consideração que apenas 1% da Dívida Pública Federal está nas mãos de pessoas físicas.

Os 99% restantes estão nas mãos de investidores institucionais como Bancos, investidores estrangeiros, fundos de investimentos, fundos de previdência, entre outros.

E o que isso quer dizer? Que se o Governo der algum calote, ou seja, não honrar com seus compromissos nesse prazo, certamente o país já estará em momento de calamidade.

Conclusão e ação

Agora que você já conhece mais sobre este ótimo presente para o futuro dos filhos, chegou a hora de colocar isso em ação. Abra uma conta na Rico.com.vc (clique aqui), apenas com a Certidão de Nascimento e CPF da criança, além do documento do responsável.

Se ainda não conhece e quer saber mais sobre os títulos do tesouro, veja este E-book com as principais características, vantagens e desvantagens desse investimento e pare apenas de “poupar” utilizando a poupança.

Este é um investimento verdadeiramente rentável e que fará diferença na segurança e na alegria dos seus filhos. Para finalizar, desejo que aproveite bastante os momentos agradáveis do Dia das Crianças, junto de sua família! Um abraço!

Nota: Esta coluna é mantida pela Rico.com.vc, que contribui para que os leitores do Dinheirama possam ter acesso a conteúdo gratuito de qualidade.

Roberto Indech
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários