Home Empresas CSN prevê investimento de R$ 6 bi em 2024

CSN prevê investimento de R$ 6 bi em 2024

Já em mineração, a CSN espera volume de produção e compra de minério de terceiros da ordem de 42 milhões a 43,5 milhões de toneladas em 2024, 42 milhões em 2025, 44 milhões em 2026, 53 milhões em 2027 e 68 milhões em 2028

por Reuters
0 comentário

A CSN (CSNA3) divulgou nesta quinta-feira uma série de projeções para o grupo de siderurgia, mineração e cimento, estimando investimento de 6 bilhões de reais em 2024, após uma previsão de desembolsos de 4,4 bilhões este ano.

A companhia também projetou que sua área de mineração vai investir 15,3 bilhões de reais entre este ano e 2028 ante previsão anterior de investimento de 13,8 bilhões entre 2023 e 2027.

A empresa afirmou que prevê o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) em 2028 entre 19,6 bilhões de reais e 37,6 bilhões de reais, dependendo da variação de preços de minério de ferro (entre 90 e 150 dólares a tonelada) e aço, com a média anual de preço da bobina laminada a quente entre 550 e 650 dólares a tonelada.

A CSN afirmou que pretende investir 7,9 bilhões de reais entre este ano e 2028 em siderurgia, recursos que serão desembolsados para “modernização do parque industrial”, e espera com isso alcançar Ebitda incremental em 2028 de até 2,8 bilhões de reais.

Em cimentos, a companhia espera investir até 5 bilhões de reais em crescimento orgânico, o que deverá adicionar uma capacidade anual de 8 milhões de toneladas por ano, afirmou a companhia sem estimar prazo.

Já em mineração, a CSN espera volume de produção e compra de minério de terceiros da ordem de 42 milhões a 43,5 milhões de toneladas em 2024, 42 milhões em 2025, 44 milhões em 2026, 53 milhões em 2027 e 68 milhões em 2028.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.