Você anda esperando o momento perfeito para começar a guardar dinheiro, investir ou fazer algo que considera muito importante na sua vida? Pois bem, muita gente já deve ter te dito isso, mas preciso repetir: esse momento não existe! O momento perfeito, aliás, só existe na cabeça de quem é muito perfeccionista ou, ainda, aproveita essa bela desculpa para procrastinar a execução de alguma coisa. Será que é seu caso?

Confesso que eu já fui perfeccionista, e por diversas vezes me sabotei achando que as coisas não estavam boas o suficiente. Demorou bastante tempo, e um longo caminho em busca de autoconhecimento, para reconhecer que era necessário mudar aquela forma de agir, e sim, dar o primeiro passo para uma série de coisas necessárias em busca do caminho que eu queria seguir. Agora, caro leitor, é a sua vez de fazer o mesmo!

No livro “Penso e Aconteço”, os autores Bob Proctor e Greg S. Reid, citam o Dr Srini Pillay, professor clinico assistente de psiquiatria na Universidade de Medicina de Harvard, como alguém que acredita que o perfeccionismo é uma das ilusões mais perigosas. Ele, inclusive, pode atrasar o cérebro, dá para acreditar?

“Nós realmente precisamos entender mais profundamente que os campeões e as pessoas bem-sucedidas são assim porque não estão presos em seu perfeccionismo… O perfeccionismo é uma ilusão que o atrasará e impedirá que você alcance seu objetivo. Quando você se perceber sendo perfeccionista, pergunte-se se você está usando tempo suficiente na sua recuperação”, disse ele.

E o perfeccionismo pode atacar dos mais diversos jeitos. Do ponto de vista profissional e financeiro, separei algumas situações às quais é necessário ficar de olho para que a espera de uma situação ideal não cause atrasos tremendo à sua conta bancária e à sua carreira. Vamos lá?

  • Deixar de guardar dinheiro

Um dos pontos importantes quando você acredita em um momento ideal é a questão da construção do hábito de guardar dinheiro. Geralmente, as pessoas dão a si mesmas a desculpa de que nunca sobra para investir, de que é preciso aguardar sobrar algum dim dim, ou ainda, esperar um aumento de salário ou aquele extra para começar a poupar. Trata-se de um erro grave, pois o mais importante é começar a guardar, adquirir o hábito, ainda que seja uma pequena quantia.

  • Deixar de investir

A mesma coisa acontece quando a ideia é começar a investir, mas a pessoa pensa que, apesar de ter conseguido começar a guardar, não é o momento de multiplicar o dinheiro. “Deixa para quando eu conseguir guardar mais”, já ouvi. E não é bem assim. É preciso que poupar e investir estejam juntos no mesmo balaio para que aconteça o “milagre da multiplicação”.

  • Deixar de ir atrás de novas oportunidades profissionais

Quem é perfeccionista demais costuma achar que nunca está pronto para novas oportunidades. O que acontece neste caso? Muitas vezes a pessoa deixa de ir atrás ou de aceitar oportunidades que poderiam lhe ser boas do ponto de vista financeiro. Quem não costuma sabotar a si mesmo nem acha que é preciso estar 100% faz o contrário: arrisca posições e se coloca à disposição para aprender o que falta. Geralmente são estes que conseguem mais ganhos profissionais e financeiros.

  • Deixar de oferecer seu trabalho

O mesmo ocorre com quem é profissional liberal. Neste caso, pessoas perfeccionistas demais costumam achar que o seu trabalho não é tão bom assim. Além de cobrar menos do que vale, deixam de oferecer as coisas que sabem fazer bem quando têm oportunidade. Por exemplo, aquela pessoa que faz bolos como ninguém, mas não acredita que alguém pagaria por eles. Ou, ainda, o sujeiro que fala inglês fluentemente, mas não se acha capaz de ganhar um extra com aulas de conversação por exemplo.

  • Deixar de acreditar que é possível

O pior ponto possível é que quem sempre aguarda o momento ou a situação ideal, acaba deixando de sonhar e de acreditar que é possível. Parece sempre tudo muito difícil, afinal, quem consegue chegar nos 100%? Basta que algo seja alcançado, para que um novo ponto falho apareça, para que tudo volte ao início. E aí, convenhamos, fica difícil estabelecer e cumprir metas e sonhos. Puxa vida, não deixe que isso aconteça com você! Que tal dar o primeiro passo, independente de como esteja a situação, e ir melhorando as poucos? O importante é não parar o processo!

Janaína Gimael
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários