Home Investimentos DebĂȘntures de infraestrutura (ou incentivadas): detalhes e como investir

DebĂȘntures de infraestrutura (ou incentivadas): detalhes e como investir

por Conrado Navarro
0 comentĂĄrio

Everton comenta: “Navarro, um amigo meu comentou comigo que a Vale farĂĄ nova emissĂŁo de debĂȘntures incentivadas em breve e me disse ser uma oportunidade interessante de investimento. Eu nĂŁo conheço nada sobre debĂȘntures e gostaria de saber mais sobre isso. Obrigado“.

De uma forma bem objetiva, debĂȘntures sĂŁo tĂ­tulos de dĂ­vidas de uma empresa. Em outras palavras, Ă© uma forma de vocĂȘ emprestar o seu dinheiro para grandes empresas e depois recebĂȘ-lo de volta, em um prazo mĂ©dio ou longo, acrescido dos juros acordados.

Essas empresas fazem isso com o objetivo de captar recursos sem precisar utilizar os bancos ou linhas de financiamento tradicionais atravĂ©s de instituiçÔes financeiras. HĂĄ dois tipos de debĂȘntures: com juros prĂ©-fixados ou pĂłs-fixados.

HĂĄ ainda debĂȘntures do tipo simples, conversĂ­veis, permutĂĄveis e, mais recentemente, as incentivadas (ou de infraestrutura), que sĂŁo estas apontadas pelo leitor na sua dĂșvida.

CaracterĂ­sticas das debĂȘntures de infraestrutura (ou incentivadas)

Via de regra, as debĂȘntures estĂŁo sujeitas ao pagamento de Imposto de Renda (IR), no entanto, as debĂȘntures de infraestrutura (ou incentivadas) sĂŁo isentas de IR – tornando-se, assim, bem atraentes para investimento.

Elas sĂŁo do tipo prĂ©-fixadas e em geral sĂŁo remuneradas pela inflação oficial (IPCA) somada a um prĂȘmio. Elas tambĂ©m possuem um prazo de vencimento longo, e seu tempo mĂ­nimo de vencimento Ă© de quatro anos.

A prĂłpria Vale, exemplo citado pelo nosso leitor, teve suas emissĂ”es de debĂȘntures de infraestrutura no inĂ­cio de 2014. O vencimento da debĂȘnture, neste caso, ficou para 2029. Podemos comparĂĄ-la entĂŁo com um tĂ­tulo pĂșblico como o Tesouro IPCA 2030, com a vantagem de nĂŁo pagar IR.

HĂĄ garantias contra o nĂŁo pagamento por parte dos emissores?

Caso a empresa nĂŁo pague os debenturistas (quem compra as debĂȘntures), ela terĂĄ restriçÔes para adquirir crĂ©dito com o BNDES, que atua como banco financiador de muitos projetos de infraestrutura do paĂ­s, e para algumas companhias fechar essa porta pode significar suicĂ­dio corporativo. Mas isso nĂŁo significa certeza de recebimento, pois hĂĄ o risco de a empresa nĂŁo honrar o pagamento acordado por problemas financeiros ou de solvĂȘncia.

Grandes empresas costumam honrar os pagamentos acertados nas emissĂ”es de debĂȘntures, uma vez que esta Ă© uma das melhores fontes de investimento considerando as taxas de juros praticadas no paĂ­s. Ainda assim, outra coisa importante a saber Ă© que as debĂȘntures nĂŁo contam com uma proteção tipo FGC (Fundo Garantidor de CrĂ©dito), que atua em CDB, LCI, LCA, por exemplo.

E jå que estamos falando de riscos, devemos considerar ainda a liquidez do papel (que é a facilidade de comprar ou vender) e também o risco de mercado (oferta e demanda), que pode fazer o investidor ter que pagar ågio ou desågio.

Leitura sugerida: O que esperar de 2016 apĂłs os ajustes na economia?

ConsideraçÔes finais

Vale ainda comentar que as debĂȘntures do tipo conversĂ­veis dĂŁo ao comprador a possibilidade de comprar açÔes da empresa no momento do vencimento do tĂ­tulo (e por um valor que poderĂĄ estar abaixo do preço de mercado).

As debĂȘntures geralmente sĂŁo negociadas atravĂ©s da bolsa de valores, e para investir nelas vocĂȘ precisarĂĄ abrir conta em uma corretora de valores (clique aqui e saiba mais). VocĂȘ tambĂ©m pode acompanhar as emissĂ”es de debĂȘntures realizadas atravĂ©s do BovespaFix (clique para acessar), sistema da BM&F Bovespa criado para isso. AtĂ© a prĂłxima!

Foto “Smart invest”, Shutterstock.

O Dinheirama Ă© o melhor portal de conteĂșdo para vocĂȘ que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os nĂșmeros.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteĂșdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que nĂŁo faz qualquer tipo de recomendação de investimento, nĂŁo se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com Ă© de propriedade do Grupo Primo.