Home Agronegócio Deral reduz previsão de 2ª safra de milho do Paraná

Deral reduz previsão de 2ª safra de milho do Paraná

Consultorias têm reduzido a expectativa da safra nacional de milho citando problemas em Estados como o Paraná

por Reuters
0 comentário

A estimativa da segunda safra de milho do Paraná na temporada 2023/24 foi reduzida nesta quarta-feira para 13,2 milhões de toneladas, cerca de 300 mil toneladas abaixo da previsão de abril, com o Estado registrando os efeitos do tempo seco e quente, segundo dados do novo levantamento publicado pelo Departamento de Economia Rural (Deral).

Com a nova projeção, o Deral agora estima redução de 7% na segunda safra deste ano em relação à temporada anterior, quando o Estado colheu 14,3 milhões de toneladas.

O Paraná, segundo produtor brasileiro do cereal, iniciou recentemente a colheita da segunda safra.

Consultorias têm reduzido a expectativa da safra nacional de milho citando problemas em Estados como o Paraná.

O Deral praticamente manteve os mesmos números da safra de soja, com colheita finalizada, a 18,4 milhões de toneladas. Esse volume representa uma queda de 18% na comparação com a temporada passada, quando o Paraná teve um recorde.

Já a safra de trigo, que está sendo semeada no Paraná, foi estimada em 3,7 milhões de toneladas, versus 3,795 milhões na previsão anterior.

Caso a estimativa atual seja confirmada, o Paraná teria aumento de 2% na produção de trigo, com expectativa de recuperação da produtividade afetada pelo clima na temporada passada.

Dinheirama

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.