Quando falamos sobre educação financeira, temos duas grandes verticais para serem trabalhadas:

  • Finanças comportamentais,
  • Finanças técnicas.

Elas estão intimamente conectadas. É necessário dominarmos as duas, uma vez que conhecer apenas uma delas não gera muitos resultados positivos.

A maior parte dos problemas das pessoas endividadas, por exemplo, está associado ao seu comportamento em relação ao uso do dinheiro. Por não controlarem seus sentimentos e emoções, terminam gastando mais do que possuem.

Por outro lado, há pessoas que não possuem uma dívida sequer, mas também não conseguem acelerar o seu crescimento patrimonial. Elas não conhecem os investimentos mais adequados para isso, e nem o seu perfil como investidoras.

Com isso, deixam de multiplicar, e podem até se aventurar em investimentos errados e terminar perdendo dinheiro.

Você tem potencial para ser rico?

Baseado nas finanças comportamentais e também com alguns pontos das finanças técnicas, preparamos um teste para você.

Nele há 12 perguntas simples para você responder e constatar se os seus hábitos ajudam ou atrapalham seu processo de criação de riqueza.

Ao final do teste, além da pontuação e das dicas sobre sua relação com o dinheiro, você ainda receberá um relatório gratuito com uma recomendação de investimento que trará lucros reais para você.

Teste: Criando Riqueza ou Criando Pobreza

Então, basta clicar aqui para iniciar o seu teste. Esta é uma maneira interessante de você avaliar algumas situações do cotidiano, que envolvem o seu dinheiro, e ficar atento com a maneira como você lida com elas.

Reconhecer que algo está errado é o primeiro passo para realizar grandes mudanças positivas na vida. Desejamos muito sucesso! Abraços e até a próxima!

Nota: Esta coluna é mantida pelo Criando Riqueza, que contribui para que os leitores do Dinheirama possam ter acesso a conteúdo gratuito de qualidade.

Criando Riqueza
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários