Home Finanças Pessoais 8 dicas para comprar material escolar sem gastar muito

8 dicas para comprar material escolar sem gastar muito

por Daniella Gomes
3 min leitura

Se você está na correria para a compra do material escolar, já deve ter percebido que os preços estão bem salgados. E para não apertar o orçamento logo no início do ano letivo, separamos 8 dicas para te ajudar a comprar os materiais sem gastar muito.

1. Verifique se todo o material será usado no curto prazo

Você já sabe que a lista contém tudo que será usado durante o ano escolar. Por isso, se ficar pesado comprar de uma vez, verifique se há itens que serão usados no próximo trimestre ou semestre e postergue a compra de tais produtos.

2. Não leve os filhos para as compras

Os personagens de desenhos animados e os super-heróis são um grande chamariz para a criançada. Porém, um caderno estampando com aquela porquinha do desenho, pode custar mais do que o dobro se comparado a um caderno comum.

3. Mas se tiver que levar os filhos, atenção

Caso não consiga ir sem eles e aconteça o momento de “eu quero esse”, atente-se para a diferença de preço, mostre e explique que o material tem a mesma utilidade. Lembre-se que ocasiões como essa são verdadeiras oportunidades de educação financeira.

e-Book recomendado: Como falar sobre dinheiro com seu filho

4. Faça as compras com os pais de outros alunos

Comprar em grande quantidade direto de atacadistas é certeza de desconto. O mesmo vale para os livros. Você e os outros pais podem fazer a compra direto com a editora.

5. Compare preços antes de comprar

Antes de sair de casa, pesquise os preços na Internet e aí sim saia para pesquisar também, em pelo menos, duas lojas físicas. Comprar por meio de lojas online pode ser vantajoso, porém verifique o prazo de entrega. Além disso, não é possível negociar desconto em uma loja virtual como em uma loja física. Por isso, faça as contas.

6. Negocie desconto para pagamento à vista

Se tiver como pagar à vista, não saia da loja sem negociar, pelo menos, 5% de desconto. Tenha paciência, converse e negocie mesmo. Hoje em dia o mais comum é o pagamento no crédito e para o lojista é interessante o recebimento no ato. Agora, se não tiver jeito, atente-se ao número de parcelas e evite comprar a prazo com juros.

7. Preço x qualidade

Repare na qualidade dos materiais, afinal, não adianta comprar barato se não vai durar ou não terá a utilidade necessária. Nesse caso, o barato sai caro, pois será necessário substituir o material.

8. Reaproveite materiais com criatividade

Sabe aquele caderno do ano passado com folhas sobrando? Que tal fazer uma brincadeira com o seu filho para customizar a capa? Um pouco de tinta ou colagem com recortes e figurinhas dará um novo visual. E de quebra você ensina a evitar o desperdício e ainda se diverte com o pequeno.

Esperamos que essas dicas te ajudem a fazer um excelente negócio para que seus filhos possam começar o ano letivo com os materiais necessários. Se você tem alguma dica bacana para economizar neste começo de ano, deixe seu comentário. Até a próxima!

Leitura recomendada: Livros ensinam crianças a lidar com dinheiro (presenteie-os com educação financeira)

Foto “back to school”, Shutterstock.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.