Home Economia e Política Diesel sobe 12% no acumulado do mês ao maior valor desde março, diz Ticket Log

Diesel sobe 12% no acumulado do mês ao maior valor desde março, diz Ticket Log

O diesel comum, por sua vez, subiu 11,86% no período e foi comercializado a 6,13 reais

por Reuters
0 comentário

O preço médio do diesel S10, tipo mais comercializado do Brasil, subiu 12% nos postos de combustíveis do país entre 1º e 13 de setembro, para 6,31 reais o litro, valor mais alto desde março, apontou nesta quinta-feira o Índice de Preços Ticket Log (IPTL).

O diesel comum, por sua vez, subiu 11,86% no período e foi comercializado a 6,13 reais, também o maior preço médio desde março, de acordo com o levantamento, feito com base nos abastecimentos realizados em 21 mil postos credenciados da Ticket Log.

O movimento ocorre depois que a Petrobras, principal produtora de combustíveis do país, anunciou um aumento de 25,8% nos preços do diesel vendido a distribuidoras a partir de 16 de agosto, após uma disparada recente do petróleo e de seus derivados no mercado internacional.

“Desde o início de agosto, após o último reajuste nas refinarias, o preço do diesel vem ficando mais caro para os brasileiros”, disse em nota Douglas Pina, diretor-geral de Mobilidade da Edenred Brasil.

A Petrobras informou nesta sexta-feira que sua produção total de diesel em agosto foi de 3,78 bilhões de litros (Imagem: Reprodução/Freepik/@aleksandarlittlewolf)
O mercado sofre ainda influência de outros agentes, pois conta com outras refinarias privadas e importa cerca de 25% do óleo diesel (Imagem: Reprodução/Freepik/@aleksandarlittlewolf)

Ele destacou que o valor médio do litro que, em julho, fechou a 5,02 reais o tipo comum e 5,12 reais o S-10, já está acima de 6 reais neste início de setembro, o valor mais alto registrado desde março para ambos.

“Novos reflexos de alta devem ser identificados nos próximos meses com a reoneração de parte da alíquota do PIS/Cofins”, adicionou Pina.

O repasse de reajustes da Petrobras aos consumidores finais nos postos não é imediato e depende de uma série de questões, como mistura de biocombustíveis, impostos e margens de distribuição e revenda.

O mercado sofre ainda influência de outros agentes, pois conta com outras refinarias privadas e importa cerca de 25% do óleo diesel e 15% da gasolina, o que também interfere na precificação dos custos das distribuidoras aos postos.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.