Dinheirama bicampeão e análises de soluções de controle financeiroObrigado amigo leitor! Muito obrigado! O Dinheirama é, oficialmente, bicampeão no concurso Best Blogs Brazil. Nosso blog foi eleito o melhor blog de finanças e negócios do Brasil em 2007 e 2008, razão de muito orgulho para todos de nossa equipe. Além da escolha pelo voto popular, recebemos também o prêmio dos jurados. Muito obrigado a todos vocês pela enorme colaboração. Parabéns Cynara, organizadores e patrocinadores do Best Blogs Brazil. Parabéns a todos os envolvidos neste grande projeto, que valoriza e exalta a importância da opinião, dos blogs de nicho e também da Internet nacional como um todo.

Tenham a certeza de que os prêmios recebidos são para nós razão para compromisso em continuar melhorando, inovando e tratando nossos leitores, colaboradores e parceiros com muito respeito. Carregamos a responsabilidade de sustentar matérias e artigos relevantes nos temas ligados às finanças pessoais, economia e investimentos, o que fazemos com muita humildade e cooperação. Cada leitor contribui de forma intensa para que a comunidade Dinheirama cresça e apareça cada vez mais. Valeu pessoal!

Novidade: avaliação de opções de gestão financeira pessoal
A sugestão de avaliar as diversas ferramentas de orçamento[bb] e controle financeiro disponíveis na Internet veio de vocês, nossos estimados leitores. A idéia é que a equipe Dinheirama cadastre-se (ou baixe) nos serviços oferecidos e faça uma rápida avaliação sobre suas características, facilidades, pontos fortes e pontos fracos. Isso certamente beneficiará os leitores que desejam usar um sistema deste tipo, além de criar um importante espaço para debate e sugestão de melhorias para os desenvolvedores.

É o Dinheirama prestando mais um serviço à comunidade interessada nas finanças pessoais. Que fique claro que não haverá nenhum tipo de patrocínio financeiro por parte das empresas envolvidas. Pelo contrário, a idéia é que possamos discutir abertamente seus produtos e aproveitar a oportunidade para criar alianças capazes de dividir novidades e criar interessantes promoções para você, nosso habitual leitor.

Todas as análises serão realizadas mediante delicado trabalho de avaliação, mas serão, obviamente, de caráter pessoal e opinativo – ou seja, devem ser usadas com parcimônia e apenas como um guia, e não como verdade absoluta ou forma de favorecimento/richa. Para que elas possam ser comparadas e reconhecidas dentro de uma escala mínima de usabilidade, seguiremos os seguintes critérios:

1. Apresentação. Costumamos dar muita importância para a facilidade de uso dos sistemas e para a interface entre os processos e o usuário. Uma ferramenta visualmente agradável desperta o interesse e muitas vezes é a diferença entre sistemas de características semelhantes. Afinal, o bom software deve ser feito para o usuário e não para o especialista.

2. Curva de aprendizado. Um dos critérios mais importantes, a curva de aprendizado representa como se dará a evolução do usuário diante da complexidade da solução. A usabilidade e as características intuitivas criam no leitor o desejo de investigar mais e aprender o que mais ele pode extrair da aplicação que está usando. Uma ferramenta “chata”/difícil tende a ser rapidamente esquecida.

3. Funcionalidades. As opções disponíveis pelo desenvolvedor devem atender ao mínimo de funcionalidade exigida pelos que desejam gerenciar suas finanças. Mas, serão valorizados aspectos adicionais e que criem uma ferramenta mais completa e repleta de bons recursos. Em suma, aqui avaliaremos se a ferramenta cumpre o que promete – e se é capaz de entregar mais do que seus concorrentes.

4. Relatórios. Aspecto importante e muito pouco valorizado por muitos desenvolvedores, os relatórios são uma forma simples de acompanhar a evolução das contas de uma família. O uso de gráficos, tabelas e rápidas demonstrações em formato amigável somarão pontos e serão exaltados. A falta ou excesso deles também.

5. Suporte ao usuário. “Todo e qualquer sistema funciona bem até o dia em que para de funcionar”. Ouvi muito esta frase quando trabalhava como analista programador. Pois é, se algo der errado, será que alguém irá ajudá-lo com presteza, cordialidade e na velocidade que você espera? O suporte funciona? Estão claros os meios para contactá-los? Programa bom é aquele que funciona bem sempre.

6. Custo/Benefício. Aqui levaremos em consideração os custos para se usar a ferramenta e os critérios anteriormente citados. Um breve comentário sobre esta relação servirá como opinião oficial do Dinheirama diante da aplicação avaliada.

Ao final de todo texto de avaliação serão expostos os pontos fortes e fracos do sistema e algumas screenshots (imagens) de seu funcionamento. O objetivo, como já foi exposto, é aproximar o leitor do criador da solução e permitir, assim, que o projeto seja melhorado e evolua com as necessidades de seus usuários. A função das avaliações é agregar valor e apresentar os inúmeros sistemas disponíveis através de uma opinião minimamente embasada.

O pontapé inicial será dado ainda esta semana. Nossa primeira avaliação será da ferramenta Contas On-line, que já participou de uma promoção conosco e que vem ganhando bastante terreno na modalidade de controle financeiro em ambiente puramente Internet. Já estamos estabelecendo contato com outros desenvolvedores e acertando a disponibilidade de nossa equipe para as próximas avaliações.

Então, se você deseja que sua ferramenta seja avaliada, entre em contato conosco. Se é apenas um leitor querendo indicar um sistema, fiquem também à vontade: mande suas sugestões e críticas através do espaço de comentários deste artigo ou pelo formulário de contato. A fila de avaliação já está sendo construída. Vamos, juntos, construir um Brasil de cidadãos melhor educados financeiramente? Contamos com você! Obrigado!

bb_bid = “74”;
bb_lang = “pt-BR”;
bb_name = “fixedlist”;
bb_keywords = “mercado de ações,cerbasi,pai rico,bolsa de valores,investir dinheiro,terapia financeira”;
bb_width = “600px”;
bb_limit = “6”;

Crédito da foto para stock.xchng.

Conrado Navarro
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários