A indústria de seguros vem passando por uma série de transformações com o surgimento e ascensão das insurtechs, startups da área seguradora.

Novos produtos vêm sendo desenvolvidos para suprir uma demanda há muito existente, por isso é sempre bom conhecer as alternativas que já estão no mercado e podem trazer economia para o bolso e maior segurança para a vida em geral.

Desta vez, o papo é com Felipe Cunha, CEO da insurtech TôGarantido. A empresa lançou recentemente pacotes de seguros com cobertura de acidentes pessoais, indenização no caso de internação e doenças graves, além de auxílio-funeral e descontos em consultas, exames e remédios. Uma opção que pode ser interessante para quem precisa de maior segurança na área da saúde, mas não consegue pagar um plano por exemplo. Confira a conversa!

Desde quando a TôGarantido está funcionando no mercado brasileiro? Acredita que ela chega para suprir uma demanda que há muito os brasileiros têm relacionada a novas opções para cuidar da saúde?

Felipe Cunha:  A TôGarantido foi fundada no final de 2014 como a primeira plataforma 100% online voltada à distribuição digital de seguros inclusivos, com coberturas e preços adequados ao público de classe C. Mais de 2 milhões de pessoas perderam no último ano seus planos de saúde devido ao desemprego, e eles têm dificuldade de contratá-los novamente também em função dos custos de um plano de saúde individual.

Acreditamos que, por meio do Seguro Família Saudável, que lançamos em parceria com a seguradora Chubb e a Vida Class, conseguimos oferecer a esse público, que perdeu recentemente seus planos de saúde ou nunca teve acesso a plano de saúde, uma solução alternativa e mais acessível de tratamento médico e proteção financeira em casos de problemas de saúde. O objetivo é que nossos clientes não venham a depender apenas do SUS quando precisarem de um atendimento médico especializado ou fazer algum exame.

Como funciona a questão das consultas e exames hoje? Quem contrata um seguro tem um desconto específico? Quantos profissionais de saúde já estão cadastrados e aceitando o produto?

F.C.: Tanto a adesão ao plano quanto o agendamento das consultas são feitos inteiramente online. O usuário acessa o site, coloca a especialidade e região desejados e a página apresenta as opções com nome do médico, preço original e preço com desconto. O cliente seleciona um deles e é gerado um voucher que deve ser apresentado no dia da consulta/exame/internação.

O pagamento é feito pelo próprio site, com cartão ou boleto bancário. Se o cliente for direto ao hospital ou laboratório, sem passar por esse processo, não haverá desconto. A rede conveniada da Vida Class tem em sua base 6.000 médicos, mais de 10 mil laboratórios e 22 mil farmácias nas principais capitais brasileiras.

Como funciona a questão da internação?

F.C.: No que concerne ao “Seguro Internação” contido nos combos Família Saudável é importante salientamos que os planos Família Saudável Plus e Família Saudável Premium não são planos de saúde. Eles são seguros de diárias hospitalares, ou seja, o seguro da Chubb indeniza o segurado com R$150 por dia em que o mesmo ficou internado no hospital (até 30 dias por ano). E é considerado uma “diária hospitalar” sempre que você ficar internado por mais de 12 horas. Esse seria o significado da franquia de 12 horas. Esse seguro é valido para qualquer hospital, seja privado ou da rede pública. Mas para usá-lo, o segurado precisa ser internado pelo médico.

Há limite de idade para contratar um seguro do tipo?

F.C.: O Plano é válido para pessoas de 18 a 65 anos.

Vocês explicam que para a criação dos produtos foram realizadas pesquisas online e workshops no Jd. Angela, certo? Ou seja, foco nas classes mais baixas. Mas acreditam que os produtos são interessantes para a classe média também?

F.C.: Isso mesmo. Sabemos da enorme demanda suprimida de serviços de saúde no Brasil e mais de 70% da população de nosso país não tem plano de saúde e depende apenas da rede pública em caso de doenças e acidentes. Esse é um produto desenhado para toda essa população.

Como enxerga o papel das startups como as insurtechs (ou fintechs etc) no mundo atual? 

F.C.: Sabemos que o setor de seguros está mudando numa velocidade impressionante. As insurtechs surgem para trazer inovação a essa indústria que às vezes é excessivamente conservadora. Essa interação e parcerias com insurtechs vêm oxigenar essa indústria e permitir que a inovação ocorra numa velocidade muito maior.

A Tô garantido tem outros planos e produtos que pretende oferecer? Estão estudando outras opções?

F.C.: Sim, estamos constantemente revisando com a Chubb novos desenvolvimentos de produtos que possamos oferecer aos nossos clientes, de forma 100% digital.

Pensamos em seguros inovadores e que atendam às reais necessidades de proteção financeirado consumidor. Acreditamos firmemente que para atingir o consumidor online não basta apenas ofertar um seguro tradicional online. Inovação em desenho de produto está no “centro”da nossa estratégia de desenvolvimento com a Chubb. O Produto Família Saudável é um exemplo disso.

Janaína Gimael
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários