A crise econômica tem se tornado um grande problema para muita gente no Brasil, afinal lidar com diminuição da renda, inflação alta, elevação dos índices de desemprego e juros nas alturas é um desafio e tanto.

Em um momento como este, ter as finanças bem organizadas é algo indispensável. Só com planejamento é possível economizar e manter o potencial de investimento.  Para falar um pouco sobre esse enorme desafio, conversei com o Lucas Montano, fundador da ferramenta de gestão financeira pessoal Finanças Pessoais.

Lucas é formado em Sistemas de Informação e desenvolvedor há mais de 12 anos. Em 2011, começou o Finanças Pessoais depois de sentir necessidade de usar uma ferramenta para gerenciar suas finanças. O empreendimento cresceu e, atualmente, é um dos maiores aplicativos brasileiros do gênero, com cerca de 40 mil usuários ativos.

Leia a entrevista e saiba um pouco mais sobre a empresa e conheça uma promoção especial para os leitores do Dinheirama.

Lucas, o ano de 2015 tem sido de enormes desafios no Brasil. Que o impacto das dificuldades econômicas vocês conseguiram perceber ao acompanhar os dados dos usuários do Finanças Pessoais?

Lucas Montano: Este ano não tem sido fácil para ninguém, independente da classe social. Quando o dinheiro começa a apertar, as pessoas começam a procurar maneiras de economizar e dar mais atenção ao gerenciamento das finanças – algo que deveria ser feito sempre. A gente pode perceber isso não só pelo crescimento da procura pelo aplicativo, mas pelo aumento do uso do app.

Nós percebemos essa mudança no comportamento dos usuários brasileiros: eles diminuíram, em média, 16% dos gastos com lazer, como idas a bares e restaurantes. Esses normalmente são os primeiros gastos a serem cortados nestes momentos. Nós também notamos o aumento nas definições de metas, o que torna mais fácil o controle dos gastos. Em geral, os usuários estão sendo mais assíduos.

Em momentos de crise é mais comum notarmos a disposição das pessoas em tornar o controle financeiro um hábito. Como tem sido a procura dos usuários nesse ano, o crescimento foi expressivo?

L. M.: A grande maioria dos brasileiros não tem o hábito de controlar as finanças, mas esse cenário está mudando e a procura por gerenciadores financeiros tem aumentado. Nosso crescimento tem sido superior a 20% de uma forma bem orgânica.

Isto é bom para nós, claro, que estamos investindo em tecnologia para oferecer um produto de qualidade, e ao mesmo tempo, é muito bom para o país, porque ajudamos a diminuir a inadimplência e a fazer com que as pessoas pensem no futuro e parem de trabalhar apenas para pagar as contas do mês.

Vocês lançaram recentemente o Minhas Conquistas, explique como funciona essa novidade e como tem sido a experiência para os usuários da ferramenta?

L. M.: Como eu disse, o brasileiro não tem costume de gerenciar as finanças. Isso sempre foi algo um pouco doloroso para as pessoas. Nosso objetivo com o Minhas Conquistas é motivar os usuários a fazer esse gerenciamento e tornar este hábito mais divertido.

Os usuários fazem pequenas tarefas, usam algumas funcionalidades do aplicativo, criam e cumprem metas, e, em troca, eles ganham pontos, disputam com os outros usuários e podem trocar esses pontos por acesso premium gratuito.

O programa tem sido uma experiência incrível (clique e conheça) para nós e para os usuários, eles se adaptaram e se envolveram com o programa muito mais rápido que a gente esperava. Nosso próximo passo será premiar os usuários com produtos de parceiros e não apenas com acesso premium.

Temos notado o grande interesse por usuários na utilização de ferramentas de controle financeiro via celular. Vocês já possuem uma versão do aplicativo para a plataforma Android. E os usuários que utilizam plataforma iOS terão também um app da ferramenta?

L. M.: O Finanças Pessoais está disponível na plataforma Android e pretendemos lançar a versão web e iOS ainda este ano. Já iniciamos o cadastramento de usuários betas. Quem quiser ter acesso antecipado à versão iOS, pode se cadastrar clicando aqui.

Além de oferecer a ferramenta de controle financeiro, vocês demonstram uma preocupação com os usuários quanto a necessidade de conhecerem e praticarem a educação financeira. Como tem sido a experiência com o Blog e o que podemos esperar para os próximos meses, vem mais novidade aí?

L. M.: Nosso conteúdo é pensado para ser o mais útil para o nosso público. Tanto no blog (clique para conhecer) quanto nas redes sociais, nós procuramos identificar os interesses e as dúvidas das pessoas para ajudar elas a administrarem melhor o seu dinheiro.

Nós temos pessoas dedicadas exclusivamente para isso, que fazem pesquisas e entrevistam especialistas em finanças para explicar para as pessoas como a situação do país afeta o dia a dia delas, como economizar em cada situação, como administrar os juros e as dívidas, onde é melhor aplicar o dinheiro neste momento, entre outros assuntos.

Nossa ideia é que essas informações de educação financeira e economia potencializem o gerenciamento das finanças e as pessoas possam ter mais controle sobre o seu dinheiro e fazer ele render mais.

Além de estar sempre procurando qualificar nosso conteúdo, agora nós estamos organizando um talk mensal gratuito, no qual especialistas vão falar sobre um tema específico e responder perguntas dos usuários. A primeira edição irá acontecer no dia 23 de julho. Quem quiser saber mais informações sobre o talk, é só visitar o nosso blog.

Além disso, o blog também será integrado com o aplicativo e com o jogo Minhas Conquistas do Finanças Pessoais, para incentivar os usuários a se informarem.

Lucas, agradecemos muito seu tempo. Peço por favor que deixe uma mensagem final para os leitores do Dinheirama que querem saber um pouco mais sobre sua trajetória e também sobre os passos do Finanças Pessoais.

L. M.: Este ano está sendo um ano de grandes mudanças para nós. Nós estamos ampliando a equipe, investindo fortemente para melhorar o aplicativo, lançando novas funcionalidades, investindo em educação financeira e em suporte.

Quero convidar não só as pessoas para conhecer o aplicativo e o blog, mas também para nos enviar sugestões e dicas. Nossa ideia é poder entregar o melhor serviço para os usuários.

Além disso, nós estamos fazendo uma promoção especial para os leitores do Dinheirama. Quem tiver interesse em assinar a versão premium, tem 30% de desconto com o cupom. Acesse e descubra como podemos ajudar você a mudar sua vida financeira. Obrigado e até a próxima.

Ricardo Pereira
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários