Home Mercados Dinheirama Entrevista: M√īnica Saccarelli, Diretora do Home Broker Rico.com.vc

Dinheirama Entrevista: M√īnica Saccarelli, Diretora do Home Broker Rico.com.vc

por Conrado Navarro
0 coment√°rio

Dinheirama Entrevista: M√īnica Saccarelli, Diretora do Home Broker Rico.com.vcConversar sobre a bolsa de valores √© sempre muito gratificante. Abordar a renda vari√°vel de forma mais aberta, sem tantos jarg√Ķes e mist√©rios √© parte do trabalho s√©rio de educa√ß√£o financeira. √Č sobre isso que conversei com M√īnica Saccarelli, que coordenou o lan√ßamento do home broker Rico.com.vc, em junho deste ano. Tratamos de discutir como deve ser o come√ßo do investidor neste mercado e qual deve ser a abordagem para conquistar seus objetivos.

Monica Saccarelli √© Diretora do home broker Rico.com.vc. A executiva, que atua no mercado de a√ß√Ķes desde 1998, foi uma das respons√°veis pelo lan√ßamento do Link Trade, em mar√ßo de 2008, e que a partir de junho de 2011 passou a se chamar Rico.com.vc. Monica √© formada em Rela√ß√Ķes P√ļblicas pela FAAP, em S√£o Paulo, e p√≥s-graduada em Comunica√ß√£o Empresarial pela ESPM, em S√£o Paulo, e Marketing, pela Universidade da Calif√≥rnia, em Berkeley, nos Estados Unidos.

Acompanhe nosso papo e deixe seu coment√°rio ao final da entrevista:

Que fatores influenciam tanto a adesão ainda tímida de investidores pessoa física ao mercado de renda variável?

M√īnica Saccarelli: A crise que passamos h√° algum tempo foi severa, principalmente por se tratar de uma crise de cr√©dito, afetando assim todos os setores da economia. Isso com certeza influenciou aqueles que conheciam pouco o mercado de a√ß√Ķes e tinham interesse em investir. Em contrapartida, as corretoras t√™m o papel fundamental de acabar com essa timidez da pessoa f√≠sica ligada √† falta de conhecimento sobre o mercado de renda vari√°vel. A√ß√Ķes de educa√ß√£o financeira e assessoria ao investidor s√£o fundamentais para desmistificar o mercado.

Desmistificar o investimento em a√ß√Ķes passa por convencer algumas gera√ß√Ķes de que o mercado de renda vari√°vel √© diferente daquele encontrado antes do plano Real. Em rela√ß√£o aos jovens, passa por fazer chegar a eles informa√ß√Ķes que lhes d√™ confian√ßa para investir. Como agir nestes casos?

M.S.: A primeira fonte de informa√ß√Ķes do p√ļblico jovem √© a Internet. Por isso, achamos importante que o investidor tenha acesso aos profissionais de mercado. No Rico.com.vc realizamos chats di√°rios com especialistas como Marcio Noronha e Fernando G√≥es, al√©m de manter um f√≥rum de an√°lise t√©cnica, espa√ßo onde o interessado pode enviar d√ļvidas e manter contato direto com pessoas que atuam diretamente na bolsa. Desmistificar passar por estar pr√≥ximo do cliente e valorizar esta rela√ß√£o.

Pa√≠ses mais desenvolvidos, cujas economias oferecem taxas de juros muito baixas, t√™m, naturalmente, um mercado de a√ß√Ķes mais forte e popularizado. Ainda que nossas renda fixa ofere√ßa ganhos altos, sabemos e afirmamos vale a pena diversificar e considerar a renda vari√°vel para o longo prazo. Neste sentido, como o investidor deve pensar seu plano de investimentos e sua diversifica√ß√£o?

M.S.: Voc√™ j√° deve ter ouvido falar no ditado “N√£o coloque todos os ovos em um mesmo cesto”. Pois bem, o mesmo vale para o dinheiro. Diversificar os investimentos diminui os riscos de perdas: se uma aplica√ß√£o n√£o vai bem, outra pode compensar. A forma como cada investidor aplica seu dinheiro em diferentes modalidades de investimento varia com o perfil de cada um e a corretora ajuda a identificar esse perfil ‚Äď que √© fundamental ser conhecido.

A partir da√≠ o investidor pode tra√ßar objetivos e criar sua estrat√©gia de investimentos observando os prazos desejados (curto, m√©dio e longo prazo). As decis√Ķes de investimento precisam levar em conta o perfil do investidor, sua avers√£o ao risco e suas metas.

Vivemos um boom de consumo e crescimento de renda (migra√ß√£o social), mas nossa popula√ß√£o ainda poupa e investe pouco. Ainda s√£o muitos aqueles que simplesmente desconhecem o investimento em bolsa de valores. As d√ļvidas principais s√£o: a) √© poss√≠vel investir em a√ß√Ķes com pouco dinheiro? e b) como come√ßar a investir, escolher uma empresa ou setor?

M.S.: Para quem est√° come√ßando, √© mais f√°cil investir em uma empresa que o investidor conhece e que seja consolidada. Al√©m disso, √© importante ter consci√™ncia do risco que envolve o investimento em a√ß√Ķes. Neste sentido, assistir √† algumas palestras gratuitas e ler sobre o tema s√£o atitudes inteligentes e que trar√£o resultado. √Č poss√≠vel investir com pouco dinheiro sim, para isso existem os ETFs (fundos de √≠ndice) e o mercado fracion√°rio.

A diversifica√ß√£o √© importante em economias est√°veis e que apresentam tend√™ncia de crescimento, como √© o caso do Brasil. Al√©m disso, √© importante que o investidor tenha acesso a relat√≥rios de an√°lise compreens√≠veis, cursos e palestras oferecidos pela corretora para que ele possa manter-se sempre em contato profissionais da √°rea. Creio que assim o investidor ter√° conhecimento e seguran√ßa para tomar suas decis√Ķes na hora de investir.

Qual deve ser, na sua opinião e do Rico.com.vc, a correta abordagem da corretora em relação aos seus clientes? Publicamos recentemente algumas críticas em relação ao atendimento, ainda muito diferente do que se vê em relação aos bancos (principalmente na questão do contato pessoal). Vocês concordam com a idéia de que é preciso se aproximar melhor dos futuros investidores? Como agir neste sentido?

M.S.: N√≥s acreditamos na import√Ęncia de disseminar conhecimento atrav√©s da boa informa√ß√£o. Caso contr√°rio, o cliente pode desistir do mercado de a√ß√Ķes e procurar outro tipo de investimento – est√° claro que ele n√£o vai investir o seu dinheiro em algo que desconhece. A educa√ß√£o financeira √© fundamental para a forma√ß√£o do investidor e apostamos muito neste caminho. O investidor pode e deve ser abordado atrav√©s de forma presencial, atrav√©s de cursos, palestras e workshops. O “cara a cara” √© muito importante para gerar confian√ßa e compromisso.

Qual sua opini√£o sobre a meta da BM&F Bovespa de atingir 5 milh√Ķes de investidores pessoa f√≠sica at√© o final de 2014? Not√≠cias d√£o conta de que esse objetivo ser√° revisado. Do que depende o sucesso dessa empreitada?

M.S.: Se as corretoras investirem fortemente na parte de educa√ß√£o, que √© fundamental aqui no Brasil, √© bem prov√°vel que possamos atingir os 5 milh√Ķes de investidores. Temos percebido que o brasileiro j√° entendeu que outros investimentos ter√£o que fazer parte de seu cotidiano de aplica√ß√Ķes financeiras, especialmente se continuarmos com o caminho econ√īmico sustent√°vel e de crescimento – o investidor ter√° que buscar alternativas √† renda fixa.

O nome Rico e o domínio www.rico.com.vc foram uma excelente idéia, são bem atraentes e demonstram proximidade. Por que este nome?

M.S.: Queremos aproximação com o nosso cliente, especialmente através da educação financeira. O nome Rico é no sentido de oferecer o home broker que estará ao lado do cliente para ajudá-lo a conquistar o que é importante para sua vida através dos seus investimentos, o que faz sentido quando você digita a URL Rico.com.vc.

Al√©m de servi√ßos e ferramentas, criamos um programa educacional para todos os n√≠veis de conhecimento e colocamos especialistas √† disposi√ß√£o para ajud√°-lo a tomar a melhor decis√£o na hora de investir. Cursos, palestras gratuitas, chats di√°rios e f√≥runs est√£o √† disposi√ß√£o de todos que desejarem conhecer melhor o investimento em a√ß√Ķes.

Obrigado por nos conceder esta entrevista e por também valorizar a educação financeira, razão principal deste espaço existir.

M.S.: √Č muito importante incentivar quem acredita e populariza importantes conceitos de educa√ß√£o financeira. Parab√©ns ao Dinheirama e sua equipe.

Foto: divulgação.

O Dinheirama √© o melhor portal de conte√ļdo para voc√™ que precisa aprender finan√ßas, mas nunca teve facilidade com os n√ļmeros.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informa√ß√£o e atesta a apura√ß√£o de todo o conte√ļdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que n√£o faz qualquer tipo de recomenda√ß√£o de investimento, n√£o se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.