Dinheirama Entrevista: Simon Croisetierre, co-fundador do Groupalia e da OndaLocalNos últimos anos você acompanhou de perto a opinião de diversos empreendedores, pessoas que concordaram em dividir conosco suas experiências, frustrações, vitórias e também dificuldades ao criarem suas empresas em meio ao turbilhão de empecilhos que temos no Brasil.

Hoje, estou muito contente em apresentar a vocês um papo muito bacana que tive com o canadense Simon Croisetierre, co-fundador do Groupalia e que agora apresenta sua nova startup, a OndaLocal, especializada em ajudar ajuda micro, pequenos e médios empresários a captar novos clientes por meio de divulgação online customizada.

A OndaLocal é certificada como companhia altamente qualificada para a gestão de publicidade do Google AdWords para PMEs no Brasil e oferece uma solução única de marketing online projetada especialmente para esse público, com o objetivo de ajudá-los a serem facilmente encontrados por seus possíveis consumidores.

Acompanhe nosso papo:

Simon, muitas startups foram lançadas recentemente no Brasil. Você vem de uma experiência vencedora com o Groupalia e agora começa uma nova jornada com a OndaLocal. O que mudou na sua cabeça como empreendedor se compararmos o Simon do Groupalia para o Simon do OndaLocal?

Simon Croisetierre: O Groupalia foi uma grande aprendizagem profissional. Vários aspectos contribuíram para o meu crescimento como empreendedor. A maior lição que pude tirar como proveito é de que a velocidade de crescimento de uma empresa é proporcional à urgência de resultados.

E no Groupalia tivemos um crescimento muito rápido. Em apenas cinco meses no Brasil, passamos de três para mais de 100 funcionários. Percebi que quando trabalhamos até o limite, as pessoas tendem a se concentrar apenas no necessário e inventam formas criativas para cumprir metas.

Depois, aprendi tudo sobre planejamento e execução, onde tudo é feito em paralelo, e não de forma linear. Existem duas similaridades principais entre o modelo de compras coletivas e o da OndaLocal, nas quais as aprendizagens do Groupalia foram imprescindíveis.

Ambos requerem uma grande força de vendas planejadas em diversas áreas. E os dois modelos são soluções de marketing online para PME’s e existem dinâmicas próprias para isso, apesar da solução OndaLocal ser mais sustentável, onde campanhas rodam todos os dias e não pontualmente.

Você chegou no Brasil em 2009 e certamente já conhece as peculiaridades do país. A economia continua crescendo, mas não como há alguns anos. O que te motiva a continuar empreendendo por aqui e quais as oportunidades que enxerga com o trabalho na OndaLocal?

S. C.: Você tem razão que, no nível macro-econômico, a economia cresce menos comparada há alguns anos. Porém, é importante analisar os níveis da economia, pois as situações de alguns setores do PIB não refletem a informação.

No caso de áreas relacionadas à Internet, observamos ainda um forte crescimento, principalmente no mercado de publicidade online, foco principal da OndaLocal. Esse setor deve gerar o maior crescimento entre todas as mídias, com uma taxa muito atrativa de 18% ao ano até 2017, contra 13% no resto do mundo.

Isso é, principalmente, um reflexo do crescimento da Internet fixa e móvel no país, que já ultrapassou 100 milhões de usuários este ano. Esses dados são indicadores que abrem grandes oportunidades para PME’s anunciarem em mídias online.

Atenta a esse cenário, a OndaLocal esta idealmente posicionada, com uma solução única de marketing digital focada em ajudar as PMEs a aproveitarem esta oportunidade.

A OndaLocal trabalha com pequenas e médias empresas, mercado que hoje cresce rapidamente e é um dos pilares do crescimento do país. Como está a aceitação desse mercado quanto aos trabalhos de marketing online? Os empresários já conseguem enxergar que é um trabalho importante?

S. C.: Concordo absolutamente que as PMEs são o motor de crescimento do país, considerando que representam 99% de todas as empresas, mas com participação de apenas 25% no PIB. Observamos cada vez mais a tendência das PME’s investirem no marketing online.

Porém, elas ainda direcionam apenas 20% do orçamento total para o marketing online, sendo o restante para canais tradicionais offline, como jornais e revistas. Isso ocorre principalmente devido ao fato de que marketing online é muito mais complexo que os canais tradicionais.

As PME’s, geralmente, não têm expertise ou tempo para explorar o canal de forma eficaz e as soluções no mercado não se encaixam perfeitamente às necessidades delas.

Pensando nisso, a OndaLocal criou uma solução desenhada 100% para as PME’s brasileiras. Nossa proposta é uma solução completa a um preço acessível, totalmente gerenciada por nós, para que nossos clientes possam focar exclusivamente na expansão e crescimento de seus negócios.

Sempre que tenho a oportunidade de conversar com fundadores de empresas, gosto de saber sobre a visão do trabalho em equipe e os planos de crescimento para o futuro. Como você enxerga esses dois pontos importantes para o desenvolvimento da empresa?

S. C.: Planejamos atender por volta de 20 mil PMEs em cinco anos. Apesar de a nossa plataforma permitir atender com qualidade milhares de PMEs, este crescimento não pode acontecer sem pessoas trabalhando em sintonia.

Tudo começa com um processo de recrutamento robusto, onde funcionários são selecionados não apenas pela habilidade e experiência, mas pela atitude e adequação da equipe.

Após esse primeiro processo, é a hora do treinamento inicial e contínuo, assim como um feedback frequente e incentivos agressivos são necessários para assegurar um alto nível de desempenho e engajamento. Isso tudo dentro de uma cultura que mistura alto desempenho e meritocracia com divertimento.

Simon, muito obrigado pela entrevista. Deixe uma mensagem final para os leitores do Dinheirama que gostaram de seu trabalho e querem saber um pouco mais sobre a OndaLocal.

S. C.: O marketing digital é uma das formas mais eficazes de divulgar sua empresa hoje. Ter presença online otimizada não é mais opcional, e sim uma questão de sobrevivência para PMEs.

Quando clientes potenciais têm necessidade de serviços das PMEs, eles procuram em mídias online em primeiro lugar, mesmo se forem atingidos por uma campanha de uma PME em outras mídias. Em seguida, esses clientes tendem a procurar qualquer menção na Internet para entrar em contato. Lá, eles podem encontrar a sua empresa ou o seu competidor.

Obrigado pela oportunidade! Convido o leitor a conhecer melhor nosso trabalho acessando www.ondalocal.com.br. Parabéns pelo trabalho e até a próxima.

Foto: divulgação.

Ricardo Pereira
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários