Dinheirama Entrevista: Thiago Pessoa, Coordenador da rede social InvestmaniaJá discutimos em alguns artigos o papel da informação na tomada de decisões. Muitos investidores já relataram que o excesso de informaçõe os paralisou e prejudicou sua estratégia de investimentos. O oposto também tem efeitos perigosos: decidir sem ter conhecimento muitas vezes é sinônimo de embarcar em um investimento arriscado demais e diferente do perfil do investidor.

Informação, portanto, é válida quando ela faz sentido. E nada melhor que discutir o mercado financeiro com outros investidores, profissionais do mercado, empresas de capital aberto e analistas. É o que propõe a rede social Investmania (clique e conheça), capitaneada por Thiago Pessoa.

Thiago Pessoa é formado pela Universidade de São Paulo, onde presidiu a empresa FEA jr. USP e fez intercâmbio estudantil em finanças na FEP – Faculdade de Economia do Porto. Possui sólidos conhecimentos no mercado financeiro, no qual trabalhou em instituições renomadas durante 7 anos. Atualmente é coordenador do Investmania.

Conversei com ele sobre informação e o papel do Investmania neste sentido. Confira:

Thiago, um dos grandes dilemas do brasileiro é acostumar-se com a educação financeira como fonte de transformação. Para muitos, investir ainda é algo distante e difícil. Como o Investmania trata essa questão?

Thiago Pessoa: Enxergamos que o brasileiro de fato ainda acredita que o investimento é algo distante e difícil para começar. O Investmania veio para apresentar uma nova proposta de relacionamento, onde o principal objetivo é desmistificar este mundo de investimentos, de uma maneira simples e interativa.

O Investidor, ao cadastrar-se gratuitamente no www.investmania.com.br, vai encontrar outros investidores, experientes ou não, profissionais de mercado, análises, relatórios de empresas e muitas informações que são compartilhadas diariamente com o objetivo de simplificar este mundo e colaborar na hora de tomar a melhor decisão na hora de investir.

Você acredita que o brasileiro tem se interessado mais pelo tema “investimentos”? Quais são os principais desafios para quem quer começar a investir?

T. P.: Sim, acredito que todos os brasileiros começam a perceber a importância de se investir nos dias de hoje, independente de classe social ou idade. Para estes que querem  começar a investir ou mesmo para aqueles que já investem, existem inúmeras dicas que podem ser encontradas no Investmania, mas  as principais dicas para quem está começando a investir hoje são:

Faça um bom planejamento financeiro! Antes de começar a investir, é importante saber como anda a sua situação financeira e quanto você tem de dinheiro disponível para auxiliar no seu investimento. Essas informações são importantíssimas para determinar o prazo e/ou risco e assim lhe auxiliar na escolha do melhor investimento.

Defina um Objetivo! Antes de começar a investir, trace algumas metas/objetivos que deseja alcançar. Com estes objetivos definidos, é muito mais fácil tomar decisões de investimentos e muito mais gratificante quando consegue atingi-los.

Sempre se mantenha informado! A economia hoje é muito dinâmica e muitas vezes um investimento que era a melhor opção em um determinado período, pode não ser bom em outro. Portanto, estar sempre bem informado é importante para  garantir a escolha da melhor alternativa de investimento.

Como eu já disse, o Investmania pode lhe auxiliar em todas estas etapas.

De onde surgiu a ideia de criar o Investmania, uma plataforma que permite contato de investidores e profissionais de mercado? Conte-nos um pouco dessa história.

T. P.: A ideia surgiu da necessidade que sentimos, como investidores, de procurar informações e conhecimento sobre  investimentos. Percebemos que os profissionais de mercado, como Analistas, Gestores de RI e até mesmos os investidores mais experientes costumam ter muita informação e conhecimento, mas não existia um lugar apropriado onde eles pudessem conversar entre eles e auxiliar os investidores nesta troca de conhecimento.

Criamos o www.investmania.com.br com este propósito e conseguimos conquistar um público expressivo que demonstra ter muito interesse, conhecimento e vontade de investir para atingir os seus objetivos. Neste ínterim, firmamos parcerias com grandes empresas que nos ajudam a promover apresentações diárias e mensais online com profissionais de mercado sobre análises, novos tipos de investimentos e dúvidas sobre suas operações e relatórios.

Desde o início do Investmania, promovemos apresentações sobre Fundos Imobiliários, Opções, ETF’s, Assembléias e  apresentações de resultados de algumas empresas de capital aberto, sem contar as apresentações diárias de análise gráfica e semanais de análise fundamentalista.

Assim como a falta de conhecimento, o excesso de informação também costuma ser paralisante e perigoso. Como o pequeno investidor deve usar a Internet para auxiliar seu processo de tomada de decisões?

T. P.: Realmente, a Internet tem hoje muita informação disponível, o que pode levar o pequeno investidor a tomar uma decisão por impulso e atrapalhar a performance dos seus investimentos. Portanto, sempre recomendamos a todos os investidores que, ao ter acesso a uma informação, aproveite a nossa rede social para compartilhar e trocar opiniões com outros investidores e profissionais de mercado.

Acreditamos que o maior ganho que podemos oferecer ao pequeno investidor é a possibilidade de aproximá-los aos profissionais de mercado, para que juntos tomem uma melhor decisão de investimento e compartilhem suas dúvidas e estratégias.

Na interação entre os usuários do Investmania, quais são as principais dúvidas dos investidores? Qual tem sido a abordagem para desmistificá-las?

T. P.: Existem inúmeras dúvidas que sãos desmistificadas ao longo do dia no Investmania por diversos tipos de investidores. São dúvidas de iniciantes, que enviam questões sobre ações, tesouro direto ou fundos imobiliários, até investidores mais experientes, que querem saber a opinião dos analistas sobre determinadas empresas, a volatilidade do mercado ou conhecer detalhes e consequências de decisões macroeconômicas que possam influenciar os mercados como um todo.

A nossa abordagem para desmistificar essas dúvidas tem sempre sido de forma colaborativa, ou seja, quando falamos sobre o Investmania não estamos falando de uma equipe com algumas pessoas para responder todas as dúvidas e sim de mais de 37.000 investidores que estão diariamente dentro da rede social, interagindo e trocando experiências. Além disso, também monitoramos os principais assuntos que estão sendo discutidos no momento e convidamos especialistas de mercado para realizar apresentações online em vídeo para esclarecer estas dúvidas.

Você considera que o investidor brasileiro está pronto para abrir mão das aplicações conservadoras para arriscar-se em alternativas como a bolsa de valores? O que falta para “cair a ficha”?

T. P.: Sim, acredito que o investidor começou a perceber que investir em aplicações conservadoras como poupança já não traz mais o retorno que trazia como antigamente e, aos poucos, ele está acordando para as novas opções de investimentos existentes, como a Bolsa de Valores.

Uma prova disso é que saldo de investimentos de investidores pessoa física na bolsa de valores está, neste ano, positivo em mais de R$ 500 milhões. Sabemos que este movimento é ainda pequeno e o iniciativas como o Investmania são muito importantes para apresentar a todos os investidores alternativas diferentes da tão tradicional caderneta de poupança.

Thiago, obrigado pela disponibilidade e parabéns pelo trabalho à frente do Investmania. Por favor deixe uma mensagem para os leitores que desejam conhecer mais sobre seu trabalho.

T. P.: Agradeço a oportunidade de participar e apresentar o Investmania a todos os leitores do Dinheirama. Convido o leitor a se cadastrar gratuitamente no www.investmania.com.br para nos ajudar a desmistificar cada vez mais este mundo dos investimentos. Vejo vocês por lá! Parabéns pelo trabalho e até a próxima.

Foto: divulgação.

Conrado Navarro
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários