Olá amigo leitor, tudo bem? Chegou mais um Top 5 Dinheirama. Como você já sabe, todo início de semana, publicamos uma seleção com o resumo dos cinco artigos mais lidos, comentados e compartilhados da semana anterior.

A ideia é lhe oferecer um panorama das preferências de outros leitores do Dinheirama e reunir os artigos de forma a oferecer um começo de semana mais proveitoso.

Os artigos mais lidos na semana passada foram:

A verdade por trás das operações de Day Trade na bolsa de valores

DAY TRADE consiste em uma operação iniciada e encerrada no mesmo dia (compra e venda ou venda e compra). O intuito desta estratégia é aproveitar a grande volatilidade presente no mercado de ações, opções e minicontratos futuros de índice e dólar.

Disponível a qualquer um, e cada vez mais popular entre os investidores, conheça um pouco mais sobre essa modalidade de operação na bolsa de valores que é mais fácil do que você pensa, mas também tem mais armadilhas do que os iniciantes imaginam. É preciso técnica e disciplina para obter sucesso neste tipo de operação em bolsa de valores.

Clique aqui para ler o post completo

Dificuldades financeiras, não faça o temporário se tornar eterno

Pode ser que você esteja começando a ler esse artigo sem saber como vai pagar aquela conta que vence amanhã. Ou que esteja tão preocupado com as dívidas que não sabe o que fará para quitá-las. Vamos combinar uma coisa: agora é hora de acreditar que dará tudo certo, e que por mais que a dificuldade financeira seja grande no momento, sempre é tempo de dar um primeiro passo para organizar as contas, equilibrar o orçamento e construir um futuro financeiro melhor. Você está pronto para isso?

O primeiro ponto que gostaria de colocar aqui é que, em geral, todo desequilíbrio financeiro é reflexo de outros desequilíbrios que temos na vida. Com exceção, é claro, de circunstâncias emergênciais, como uma perda de emprego, um problema de saúde que exigiu gastos inesperados, e etc. Há questões temporárias relacionadas à perda financeira e questões que se repetem frequentemente, e estas são as mais complicadas, pois significam que algo está errado e muitas vezes a pessoa nem sabe o quê é.

Clique aqui para ler o post completo

Em economia também existem males que podem vir para o bem

“Pensar que há certos males que vêm para o bem não é fazer pouco da tristeza, mas é ver além da dor”. Parece ser uma boa abordagem para avaliar o mercado transnacional depois da decisão americana de elevar alíquotas de importação para aço e alumínio. Isso gerou e continua gerando desequilíbrios nos mercados de risco nas últimas semanas.

Segundo a Organização Mundial do Comércio (OMC), o momento é delicado e parece ser apenas o início dos atritos entre grandes economias, e essa escala de atritos precisa ser evitada, pois acabaria levando para posturas xenófobas e nacionalismo. Claramente isso seria danosa para a recuperação econômica mundial, e o protecionismo, no final da linha, redundaria em menor crescimento global.

Clique aqui para ler o post completo

6 dicas para transformar uma ideia num projeto capaz de receber investimento anjo

O mundo de startups e do empreendedorismo pode ser bem cativante e atrair o olhar de vários, principalmente quando dizem que o importante é ter boas ideias.

A questão é que ter uma ideia genial não é tão incomum, agora executá-la já são outros quinhentos. O empreendedor encontra várias barreiras, e uma bem comum se chama dinheiro.

Por isso, separamos 6 dicas de como transformar aquela sua ideia num projeto viável e estruturado o suficiente para buscar investimento anjo e ajudar sua startup a dar um salto:

Clique aqui para ler o post completo 

Dinheirama Entrevista: Bianca Cutait, fundadora da galeria “Arte Fundamental”

Como você enxerga o mercado de arte? Consegue vê-lo como um investimento? Pois saiba que, no mundo inteiro, há investidores físicos e corporativos que apostam na modalidade como uma forma de diversificar a carteira. É preciso, porém, entender os pontos-chave relacionados à compra e venda de obras antes de partir para esta empreitada. Para levar a você informação correta – e muito interessante – sobre o assunto, o Dinheirama conversou com Bianca Cutait, fotógrafa profissional, art adviser e fundadora da galeria “Arte Fundamental”, em Miami.

Bianca começou a carreira atendendo pequenos grupos de investimento e logo desenvolveu uma ampla gama de estratégias para galerias. Passou, inclusive, a oferecer o serviço de art advisory para grupos de investimento no Brasil, Europa e Estados Unidos. Confira a entrevista!

Clique aqui para ler o post completo

1

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários