Olá amigo leitor, tudo bem? Chegou mais um Top 5 Dinheirama. Como você já sabe, todo início de semana, publicamos uma seleção com o resumo dos cinco artigos mais lidos, comentados e compartilhados da semana anterior.

A ideia é lhe oferecer um panorama das preferências de outros leitores do Dinheirama e reunir os artigos de forma a oferecer um começo de semana mais proveitoso.

Os artigos mais lidos na semana passada foram:

3 dicas para que as finanças não acabem com seu casamento

Como está seu casamento? A pergunta direta serve como um convite para evitar uma armadilha comum no começo do ano: deixar passar despercebido o fato de que a situação financeira pode comprometer o desenvolvimento da vida da família e a harmonia no lar.

Não estou dizendo que apenas uma boa gestão financeira é suficiente para manter o casamento, mas a experiência ao longo dos anos tem me mostrado o quanto ela é importante e frequentemente deixada de lado.

Clique aqui para ler o post completo

Dinheirama Entrevista: Bia Nóbrega, coach e executiva da área de RH

Em tempos em que há muita competitividade no mercado de trabalho e uso intenso de redes sociais tanto por recrutadores quanto por candidatos, como saber se você está no caminho certo na procura por uma vaga? Será que existe um perfil ideal de candidato? Como melhorar a forma como você será visto pelas empresas?

Para responder estas e outras questões, o Dinheirama conversou com a coach, executiva da área de Recursos Humanos e palestrante Bia Nóbrega. “O uso das redes sociais influencia, cada vez mais, o desenvolvimento de nossas carreiras. Tudo que comentamos pode ser usado “a favor” ou “contra” em qualquer momento de nossa vida. Se você é Recrutador de uma empresa que tem como valor solidez e confiabilidade, contrataria alguém que só publica noitadas, cervejadas e cia?”, avalia ela. É para refletir já!

Clique aqui para ler o post completo

Herança Mental Financeira: Fundamental para uma vida rica e feliz

Recentemente comemoramos o Dia das Mães, e queria aproveitar o momento para falar de herança. Mas não da herança relacionada a bens e direitos, e sim do que poderíamos definir como uma espécie de “herança mental financeira”, a qual pode ser a grande responsável por alguns viéses e conceitos prévios que temos sobre finanças. O que será que sua mãe, seu pai, ou adultos próximos lhe ensinaram sobre isso? E o que será que você anda ensinando, ainda sem perceber, a respeito?

Muitas vezes não paramos para pensar, mas a forma como fomos educados e crescemos ouvindo e vendo a atitude de nossos pais e avós a respeito de dinheiro pode ter grande – ou total – influência em nossa própria forma de lidar com as finanças hoje.

Pode ser que uma mãe consumista ao extremo tenha passado indiretamente uma mensagem de que é assim que se deve ser. E aí continuamos nós, pela vida afora, achando que consumir e até nos endividar por conta disso, é algo absolutamente normal.

Clique aqui para ler o post completo

A melhor estratégia para montar uma carteira de investimentos

Nos últimos tempos tenho recebido muitos pedidos de leitores para escrever sobre estratégia para montar a melhor carteira de investimentos.

Existem muitas questões que precisam ser levadas em consideração para que montar uma boa carteira mas existem alguns pontos importantes que podem ajudar na tarefa.

Clique aqui para ler o post completo

A oportunidade não pode ser perdida

Diz o provérbio atribuído a Kalil Gibran Kalil que “há três coisas que nunca voltam: a flecha lançada, a palavra proferida e a oportunidade perdida”. Lembramos dele por conta do recente imbróglio envolvendo a Petrobras.

Primeiro a constatação. É fato que os preços dos combustíveis no país estão subindo bastante, e isso tem correspondência direta com a nova política de preços implantada pela Petrobras, seguindo as oscilações do mercado internacional. É fato ainda que o barril de petróleo no mercado internacional voltou ao maior patamar dos últimos três anos e meio.

Clique aqui para ler o post completo

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários