Olá amigo leitor, tudo bem? Chegou mais um Top5 Dinheirama. Como você já sabe, todo início de semana, publicamos uma seleção com o resumo dos cinco artigos mais lidos, comentados e compartilhados da semana anterior.

A ideia é lhe oferecer um panorama das preferências de outros leitores do Dinheirama e reunir os artigos de forma a oferecer um começo de semana mais proveitoso.

Os artigos mais lidos na semana passada foram:

Editorial: O Brasil precisa seguir o caminho da ética

Na próxima terça-feira, dia 06 de junho, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) começará o julgamento da chapa Dilma-Temer, que elegeu em 2014 a ex-presidente Dilma Rousseff para mais um mandato como Presidente da República.

Dilma, afastada da presidência em 2016, e o atual presidente Michel Temer são acusados de delitos no financiamento da campanha.

Clique aqui para ler o post completo

8 startups que podem ajudar o seu negócio a decolar

Quem empreende ou já passou pela experiência de empreender ou trabalhar de forma autônoma sabe o quão difícil e custoso isso pode ser. Não é à toa que dizem que, especialmente no Brasil, este tipo de coisa é para os fortes.

Digamos que é preciso ter sangue frio para conviver com os altos e baixos da coisa, para não desanimar nos períodos ruins, e para ser flexível o suficiente tanto nos meses em que a receita vem mais alta quanto naqueles em que é preciso se desdobrar em dez para pagar as contas.

Clique aqui para ler o post completo

8 Dicas para transformar o cartão de crédito em um aliado do controle financeiro

Eu sou um defensor do uso do cartão de crédito. Desde que você o utilize corretamente, acredito que ele pode facilitar muito a sua vida financeira.

Se você não está tão seguro de que pode manter e usar o cartão de crédito, pois já teve problemas no passado, atenção para a quantidade de cartões e com a forma de usá-los – comece gastando pouco através dele e habitue-se com o conhecimento compartilhado hoje.

Clique aqui para ler o post completo

Superendividamento: 4 passos para lidar com essa situação desesperadora

Toda semana recebemos mensagens de leitores realmente desesperados. Muitos destes que conversam conosco se encontram em uma situação grave de endividamento (também conhecida como superendividamento).

As causas são variadas, mas a maioria delas pode ser dividida em dois grupos. Um deles é formado pelas pessoas que gradualmente foram tomando empréstimos e se acostumaram com isso. Quando se deram conta da gravidade da situação, já era tarde demais.

Clique aqui para ler o post completo

Mercado de Ações e a importância da regulação

A busca pela leitura de negócios é um fator determinante para o sucesso dos investidores na bolsa de valores. O aprendizado prático é fundamental, mas para que ele exista é importante entender os conceitos, estratégias e detalhes do mercado de ações. Felizmente, temos excelentes livros para isso.

O texto de hoje é um convite para discutirmos melhor o mercado de ações e como é importante que existam mecanismos de proteção e cuidado com os passos dos investidores. Vamos iniciar nossa discussão refletindo sobre um conceito primordial, o de ação.

Clique aqui para ler o post completo

 

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários