Seguindo sugestões de nossos leitores, faremos todo domingo de noite uma seleção, com resumo, dos cinco artigos mais lidos, comentados e compartilhados da semana anterior. A ideia é oferecer a você um panorama das preferências de mais leitores do Dinheirama e reunir os artigos de forma a oferecer um começo de semana mais proveitoso.

Os artigos mais lidos na semana passada foram:

3 Regras de Ouro dos Investimentos

A realidade dos investimentos no Brasil não é das melhores. Segundo uma pesquisa recente do Ibope e alguns dados do IndEF (Indicador de Educação Financeira), criado pelo Serasa, o número de brasileiros que poupou algum dinheiro caiu nos últimos 12 meses.

Muita gente simplesmente não conseguiu poupar? As coisas ficaram mais caras? Diante de uma realidade em que cada vez mais brasileiros aparecem endividados e com menor poder de compra, investir parece uma “coisa de outro mundo”. Felizmente, não é bem assim.

Clique aqui e conheça as 3 regras de ouro dos investimentos.

Talvez você devesse “demitir” seu gerente bancário

Poucas pessoas no Brasil possuem mais crédito para falar sobre dinheiro quanto o gerente bancário, pelo menos aos olhos da maioria dos clientes. Não estou me referindo ao crédito que ele pode intermediar junto à instituição financeira em que trabalha, mas à confiança dispensada ao gerente bancário, profissional que escolhe os investimentos e toma decisões importantes para muita gente.

Mas, será que estes profissionais são mesmo os mais indicados para nos aconselhar quando o assunto são nossos investimentos e grandes decisões financeiras? Em muitos casos, infelizmente não! Ricardo Pereira nos convida para uma excelente reflexão sobre isso.

Clique aqui para ler o artigo completo.

Orçamento Doméstico: Quem nunca esqueceu de pagar uma conta?

Uma conta aqui, outra lá, se o seu mês for como o de muitos brasileiros, é normal receber muitas contas e boletos para pagar. Dívidas contraídas por você mesmo, mas que você talvez nem se recorde. Essa situação pode se tornar perigosa quando as despesas não são pagas e se transformam em dívidas maiores.

Não é normal deixar um boleto para lá e uma conta para cá. Não é normal assumir despesas frequentes, mensais e sempre dirigidas à sua casa sem ter condições de pagá-las. Portanto, comece assumindo que isso é um problema que precisa ser resolvido com o apoio da família. Leia este texto e veja como equilibrar esta situação.

Clique aqui para ler o artigo completo.

As lições de Warren Buffett podem (mesmo) mudar sua vida?

O megainvestidor e mago de Omaha, Warren Buffett, é um dos ícones do capitalismo atualmente. Entre os investidores, é uma das poucas unanimidades no que diz respeito ao estilo de investimento e eficiência enquanto gestor e multiplicador de fortunas.

Acontece que muitas de suas lições costumam ser técnicas e/ou superficiais demais. Arrisquei-me em um artigo mais objetivo, mas também polêmico, em que aponto aquela que é, pelo menos para mim, seu principal ensinamento.

Clique aqui para ver o que você aprender com Warren Buffett.

4 Negócios para montar com menos de R$ 10 mil

Abrir o próprio negócio para colocar em prática o desejo de empreender e conquistar a independência no mercado de trabalho é o sonho de muitos brasileiros. Eu passei por isso e tomei a feliz decisão de me tornar um empreendedor, e não me arrependo.

A boa notícia é que, ao contrário do que diz o senso comum, o primeiro negócio não exige necessariamente um grande investimento inicial. Ou seja, é possível com alguma reserva financeira, cerca de R$ 10.000 reais, abrir a própria empresa, desde que haja planejamento, dedicação e, claro, visão de mercado.

Clique aqui para conhecer 4 opções para empreender com menos de R$ 10 mil.

Acompanhe os novos artigos durante a semana e domingo que vem volto com os artigos mais compartilhados e visitados. Obrigado pela confiança. Até mais.

Conrado Navarro
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários