Seguindo sugestões de nossos leitores, faremos todo domingo de noite uma seleção, com resumo, dos cinco artigos mais lidos, comentados e compartilhados da semana anterior. A ideia é oferecer a você um panorama das preferências de mais leitores do Dinheirama e reunir os artigos de forma a oferecer um começo de semana mais proveitoso.

Os artigos mais lidos na semana passada foram:

Carros: O Maior Erro na Hora da Compra. Evite-o a todo custo!

A hora de definir qual carro comprar normalmente envolve uma série de decisões importantes que têm grandes impactos futuros, principalmente financeiros. Se essa escolha se basear em um critério equivocado, há sérios riscos de arrependimentos e frustrações que podem custar caro.

Indo direto ao ponto: o maior erro que alguém pode cometer na hora da aquisição é basear-se apenas no preço de compra como critério preponderante para selecionar o carro.

Clique aqui para ler o artigo completo.

Tesouro Direto versus Poupança: Quem vence esse confronto?

Hoje a poupança é considerada o investimento mais tradicional e realmente é muito fácil de aplicar, você pode fazer depósitos na “boca do caixa” ou transferências direto de sua conta corrente pelo Internet banking. A pergunta que fica é: será que você está fazendo um bom investimento ao escolher a poupança? A resposta é não!

Qualquer título do Tesouro Direto, prefixado ou o indexado a algum índice, sempre vai render mais que a poupança se você aguardar até o vencimento. Dependendo do título e prazo, você pode conseguir um rendimento muito maior.

Clique aqui para ler mais sobre Tesouro Direto vs Poupança.

Educação Financeira para um Natal Feliz e sem Dívidas

O Natal está chegando e com ele as dívidas clássicas feitas no final de ano. Se você costuma gastar mais do que pode e comprometer o orçamento com a compra de presentes e o exagero nas Festas, é bom ler este texto.

Nathalia Arcuri defende que sejamos mais inteligentes no planejamento do final de ano, criando assim as condições ideais para um 2015 de prosperidade.

Clique aqui para ler o artigo completo.

De Devedor a Investir: Você também pode mudar!

É sempre gratificante receber histórias, depoimentos e exemplos de vida que mostram que a mudança de devedor a investidor não só é possível, como se trata de uma decisão pessoal relativamente simples.

Recebi do Leandro Lima, professor de dança, amigo e grande incentivador da educação financeira, um depoimento muito bacana, que compartilho neste texto. Você vai gostar! Leia e depois comente.

Clique aqui para ler o depoimento completo.

Casamento e Dinheiro: Quem Ama cuida das Finanças

De acordo com recente pesquisa divulgada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e pelo portal “Meu Bolso Feliz”, 17% dos casais brasileiros brigam frequentemente quando o assunto é dinheiro – o estudo contou com a participação de 656 pessoas em todas as capitais do país.

Ainda de acordo com a pesquisa, o total de desentendimentos aumenta para 23% quando os casais estão inadimplentes. A vida a dois e as finanças familiares são duas coisas que, quando misturadas de forma irresponsável, podem trazer graves problemas. Sempre defendemos que os casais precisam, logo que o relacionamento toma rumos mais sérios, abordar o assunto financeiro.

Clique aqui para ler o artigo completo.

Acompanhe os novos artigos durante a semana e domingo que vem volto com os artigos mais compartilhados e visitados. Obrigado pela confiança. Até mais.

Conrado Navarro
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários