Seguindo sugestões de nossos leitores, faremos todo domingo de noite uma seleção, com resumo, dos cinco artigos mais lidos, comentados e compartilhados da semana anterior. A ideia é oferecer a você um panorama das preferências de mais leitores do Dinheirama e reunir os artigos de forma a oferecer um começo de semana mais proveitoso.

Os artigos mais lidos na semana passada foram:

Como Ganhar Dinheiro em 2015 – Evento Gratuito (Presencial e Online)

Que tal participar de um evento gratuito capaz de mostrar os melhores investimentos para 2015 e discutir estratégias inteligentes e eficientes para ajudar você a cuidar de suas finanças e mudar a maneira com que você e sua família lidam com o dinheiro?

Evento gratuito e com vagas limitadas! Quando? Dia 21/01/2015. Horário: 19:30h às 21h. Local: Impact Hub São Paulo – Rua Bela Cintra, 409, São Paulo – SP.

Clique aqui para fazer sua inscrição gratuitamente (online e presencial).

Como Não Sucumbir aos Problemas Econômicos em 2015

Anos difíceis exigem mais atenção e paciência, e é claro que você já sabe disso. O grande “lance” de 2015 é que teremos que nos equilibrar entre produtos mais caros (inflação longe do centro da meta e dólar encarecendo importados), mais impostos e dificuldades no mercado de trabalho. Nossos problemas econômicos já estão bem perto de nós.

Decidi escrever algumas sugestões para aqueles que desejam viver um 2015 mais tranquilo e sabem que para tal é preciso ter mais atitude. O principal é assumir a responsabilidade.

Clique aqui para ler o artigo completo.

Educação Financeira Ajuda a Recuperar Valor em Empresas

A obrigação da empresa é pagar aquilo que deve aos funcionários: salário, benefícios e outras remunerações, em dia e em sua integralidade – nada além disso. E não é função do empregador “se meter” na vida financeira dos funcionários. O que os funcionários fazem com o dinheiro que ganham é problema deles.

E por que isso deveria ser problema do empregador? Por uma simples razão: as empresas estão sofrendo danos colaterais por conta da inaptidão financeira de seus funcionários.

Clique aqui para ler o artigo completo.

Vale a pena Financiar Imóveis? Caixa subiu Juros! O que fazer?

A Caixa Econômica Federal (CEF), maior financiadora habitacional do país, decidiu elevar os juros cobrados em empréstimos destinados à compra da casa própria a partir de segunda, dia 23. Mais do que o ajuste em si, a elevação é um recado claro de que acabou a política de juros baixos nos bancos públicos, tão alardeada pela presidente Dilma.

Como fica a decisão de quem resolveu comprar a casa própria em 2015? O que dizer daqueles que pretendem comprar seu imóvel, mas agora veem que esse sonho ficou mais longe (e mais caro)? Ricardo Pereira escreveu um ótimo texto sobre isso.

Clique aqui para ler o artigo completo.

O Maior Erro de Quem Abre um Negócio

Empreender deve ser uma decisão em 2015? Como dar este passo sem complicar ainda mais as coisas em casa e nas finanças? Será que basta só paixão para iniciar o próprio negócio e prosperar?

Carolina Sandler responde estas e outras perguntas em um ótimo texto, com reflexões importantes sobre o principal erro de quem quer abrir seu negócio.

Clique aqui e leia o artigo completo.

Acompanhe os novos artigos durante a semana e domingo que vem voltamos com os artigos mais compartilhados e visitados. Obrigado pela confiança. Até mais.

Conrado Navarro
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários