Seguindo sugestões de nossos leitores, faremos todo domingo de noite uma seleção, com resumo, dos cinco artigos mais lidos, comentados e compartilhados da semana anterior. A ideia é oferecer a você um panorama das preferências de mais leitores do Dinheirama e reunir os artigos de forma a oferecer um começo de semana mais proveitoso.

Os artigos mais lidos na semana passada foram:

5 Dicas para aumentar sua renda e acelerar seu caminho rumo à independência financeira

Para que você consiga atingir a tão sonhada independência financeira, três pilares devem ser mantidos: aumento de renda, redução dos gastos e investimentos inteligentes. No Dinheirama falamos bastante sobre investimentos e redução dos gastos, então acho legal mostrar também algumas possibilidades para aumentar sua renda.

Ganhar mais é importante, apesar de não ser o fator mais decisivo para alcançar a riqueza e a independência financeira. Faço essa ressalva porque não basta focar no aumento da renda a família mantiver o descontrole e o desinteresse pelos investimentos. Então, o que fazer?

Clique aqui para ler o artigo completo.

Quem tem apenas dinheiro e status, na verdade não tem nada (educação financeira não é isso!)

Você já percebeu a quantidade de escolhas que fazemos todos os dias? São muitas, não é mesmo? Sempre que você fizer uma escolha, estará automaticamente abrindo mão de várias outras possibilidades – algo desafiador, principalmente se considerarmos a enorme quantidade de opções que temos à nossa disposição, neste mundo cada vez mais conectado.

Digo isso porque depois da internet, passamos a conhecer com facilidade o estilo de vida das pessoas ao redor do mundo, e isso fez com que tivéssemos acesso a muito mais opções ou modos de fazer as coisas. Ao vislumbrar novas possibilidades de ser e ter, nosso leque de escolhas (e frustrações) aumentou drasticamente. E ai? Isso é bom ou ruim?

Clique aqui para ler o texto completo.

Crise e juros altos, uma combinação que pode proteger o seu patrimônio

Diante da situação atual da economia, com forte recessão, inflação em elevação e da incerteza de curto prazo no cenário político nacional, começamos a traçar as perspectivas para 2016, visto que em 2015 provavelmente teremos ainda muitas emoções (inclusive com possibilidade de modificação no governo).

Temos que pensar naquilo que está por vir e analisar as principais oportunidades que podemos agarrar para cuidar do nosso bolso, um dos principais pilares de sustentação do ser humano. Como garantir rentabilidade neste momento? Leia!

Clique aqui e leia o texto completo.

Ajuste fiscal: o desafio é maior do que todos imaginaram (e como isso muda a sua vida)

Desde 2014, o Brasil passou a apresentar sinais de que a crise econômica – até então considerada uma “marolinha” – chegaria pra valer. Ela chegou forte e se juntou a uma grave crise política.

Os problemas na economia obrigaram o governo a promover um ajuste fiscal bastante rigoroso. Com as ações tomadas pela equipe econômica, a vida do contribuinte foi diretamente afetada, causando ainda mais problemas de apoio popular ao governo. E agora? Como fica a sua vida?

Clique aqui para ler o artigo completo.

5 Passos para você criar sua reserva de emergência (ou fundo de reserva)

Guardar dinheiro para situações imprevistas e emergências é algo fundamental dentro do conceito de educação financeira. A vida nos dias de hoje é muito complexa e também arriscada para que você aposte que nunca precisará disso.

Eu sempre costumo perguntar em palestras “Qual é a única certeza que você tem em relação às emergências?” e a resposta vem em uníssono: “Que elas acontecem de tempos em tempos”. Em temos de “vacas magras” como o atual, o risco aumenta ainda mais com a possibilidade de perda do ou queda nas vendas do seu negócio. Como se preparar?

Clique aqui para ler o artigo completo.

Acompanhe os novos artigos durante a semana e domingo que vem voltamos com os artigos mais compartilhados e visitados. Obrigado pela confiança. Até mais.

Conrado Navarro
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários