Olá amigo leitor, tudo bem? Chegou mais um Top5 Dinheirama. Como você já sabe, todo inicio de semana, publicaremos uma seleção com o resumo dos cinco artigos mais lidos, comentados e compartilhados da semana anterior.

A ideia é lhe oferecer um panorama das preferências de outros leitores do Dinheirama e reunir os artigos de forma a oferecer um começo de semana mais proveitoso.

Os artigos mais lidos na semana passada foram:

5 lições que os superendividados precisam conhecer

O ano de 2016 realmente não está fácil. A mais recente pesquisa divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) sobre trabalho, que leva em conta o final do mês de abril, aponta número recorde no desemprego.

O país já tem 11,4 milhões de pessoas desempregadas, montante também recorde na série histórica. No período de um ano, 3,3 milhões de pessoas foram levadas à fila do desemprego, o que representa um crescimento de 42,1% ante o trimestre encerrado em abril do ano passado.

Clique aqui para ler o texto completo

 

Padrão de vida: o perigo de mantê-lo de forma artificial

Trabalhar com educação financeira é algo prazeroso para mim, afinal, é fácil falar sobre algo que praticamos, e toda a equipe Dinheirama adota isso como um estilo de vida, e não poderia ser diferente.

O curioso é que algumas pessoas mais próximas têm dificuldades de entender como isso ocorre, pois se todos são cuidadosos com as finanças, porque alguns do time parecem ser mais ricos que outros?

O fato é que somos todos ricos. Bem ricos mesmo, dentro de nossos conceitos individuais de riqueza. Ser rico é um conceito amplo, e está muito além das posses materiais, embora estas estejam também presentes, por serem peças importantes na melhoria da qualidade de vida.

Clique aqui para ler o texto completo

 

Passo a passo para trocar a poupança por um investimento melhor

Cíntia comenta: “Navarro, sei que você é ótimo nisso, então de forma simples e objetiva, por favor, me diga que investimento tenho que fazer para substituir a poupança por algo que ganhe da inflação. Sou muito leiga no assunto, estou estudando, mas gostaria de resolver isso primeiro. Obrigada”.

Direto ao ponto (risos), sempre! Gosto muito da ideia de montar um “passo a passo” para fazer essa troca de investimentos. Há algo importantíssimo na mensagem de hoje: a preocupação em obter rentabilidades reais (acima da inflação).

Vamos então aos passos:

Clique aqui para ler o texto completo

 

Quer ganhar mais? Faça menos, mas com mais foco e inteligência

César comenta: “Navarro, me sinto cada vez mais esgotado no meu trabalho, na minha luta por obter mais recursos financeiros para prover uma vida melhor para minha família. Já trabalho uma média de 13 horas por dia e quase não há espaço para mais esforço. Ainda assim, a renda é insuficiente (mesmo com controle financeiro e apoio da família). E agora?

O ponto é mesmo importante e comum: há muita gente trabalhando muito e ganhando pouco. É fato que as empresas estão exigindo cada vez mais de seus colaboradores, principalmente neste momento, afinal lucro é sempre proporcional ao equilíbrio entre mais vendas e menores custos.

Clique aqui para ler o texto completo

 

Crenças limitantes: elas podem impedir o seu enriquecimento

Nos últimos meses, talvez por conta do agravamento da crise econômica e financeira no Brasil, muitos leitores começaram a encaminhar perguntas e comentários sobre como algumas convenções e crenças podem atrapalhar o sucesso e o crescimento das pessoas. Alguns deles apontaram que algumas crenças impedem o enriquecimento.

Clique aqui para ler o texto completo

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários