Olá amigo leitor, tudo bem? Chegou mais um Top5 Dinheirama. Como você já sabe, todo inicio de semana, publicaremos uma seleção com o resumo dos cinco artigos mais lidos, comentados e compartilhados da semana anterior.

A ideia é lhe oferecer um panorama das preferências de outros leitores do Dinheirama e reunir os artigos de forma a oferecer um começo de semana mais proveitoso.

Os artigos mais lidos na semana passada foram:

 

Os adolescentes precisam aprender o valor do trabalho e do dinheiro

Natália comenta: “Navarro, como você trata de muitos assuntos em torno do dinheiro, o que você pensa dos jovens trabalharem a partir dos 14 anos? Nossa lei permite que eles trabalhem como menor aprendiz a partir desta idade”.

Menores de idade e trabalho, está aí um assunto pra lá de importante e que não lembro de ter tratado antes por aqui. Para mim, o tema tem total relação com finanças e educação financeira, uma vez que o trabalho é a forma mais eficaz e honesta para se gerar riqueza.

Clique aqui para ler o texto completo

 

Consumo: você compra benefícios ou compra status?

Quem nos acompanha sabe que a educação financeira tem em seu vocabulário a repetição exaustiva de palavras como: desapego, simplicidade, racionalidade, minimalismo, compra consciente e por aí vai.

Importante dizer que nada disso significa viver como um frei franciscano, como já disse em outros posts aqui. Definindo a educação financeira de forma simples, fica assim: a capacidade de viver melhor com menos. É fazer o que os esbanjadores fazem, gastando a metade.

Clique aqui para ler o texto completo

 

Dívidas? Problemas financeiros? As melhores saídas são as mais simples

Você já ouviu a estória da “caneta da NASA”? Resumindo, ela fala de como a Agência Espacial Americana gastou milhões de dólares para desenvolver uma caneta que fosse capaz de funcionar no espaço. Já os russos… Usaram o lápis!

Verdade ou não (embora exista a tal caneta que escreve de ponta-cabeça), isso ilustra a tendência que temos de complicar as coisas, o que significa mais trabalho, energia, tempo e, claro, dinheiro.

Clique aqui para ler o texto completo

 

5 dicas simples para gastar menos com seu carro

Não é segredo para ninguém que os brasileiros possuem grande uma paixão pelo status que os carros oferecem, e esse comportamento muitas vezes acaba se transformando em verdadeiras ciladas para compradores irresponsáveis e desavisados que pensam muito mais nos valores das parcelas do que em quesitos importantes das finanças pessoais (ou mesmo itens fundamentais na escolha do veículo, como a segurança).

Clique aqui para ler o texto completo

 

Liderança em tempos de crise

Diante do cenário de retração econômica atual, muitas empresas estão sendo obrigadas a tomar medidas duras como cancelar projetos, reduzir custos, eliminar cargos e demitir funcionários – decisões nem sempre são fáceis de administrar.

Nesse contexto, a figura do líder se torna fundamental, já que é ele o responsável por motivar a equipe e minimizar os impactos negativos da crise.

Clique aqui para ler o texto completo

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários