Olá amigo leitor, tudo bem? Chegou mais um Top5 Dinheirama. Como você já sabe, todo inicio de semana, publicaremos uma seleção com o resumo dos cinco artigos mais lidos, comentados e compartilhados da semana anterior.

A ideia é lhe oferecer um panorama das preferências de outros leitores do Dinheirama e reunir os artigos de forma a oferecer um começo de semana mais proveitoso.

Os artigos mais lidos na semana passada foram:

Planejamento financeiro: chegou a hora do Dinheirama Organizze!

Conhecemos os amigos do Organizze, um software de gestão financeira incrível, que construíram uma história de sucesso fantástica e que possuem a mesma visão apaixonada pela educação financeira que o Dinheirama.

Sinergia perfeita! Dessas conversas surgiu a evolução do Dinheirama Online, agora batizado de Dinheirama Organizze (Clique e conheça).

O Dinheirama Organizze é um sistema fantástico, extremamente intuitivo e dinâmico. Os usuários poderão acessar o sistema diretamente pelo computador, ou pelos aplicativos, nas plataformas iOS e Android.

Clique aqui para ler o texto completo

O dinheiro realmente permite comprar qualidade de vida?

Dinheiro e qualidade de vida, uma relação que eu gosto muito de abordar. Trata-se de um assunto subjetivo e que levanta mais perguntas do que respostas, e isso é bom. Afinal, todos nós precisamos calibrar nosso senso autocrítico constantemente.

Então vamos à pergunta inicial: o que é qualidade de vida? Viver uma boa vida, com paz, saúde, bons relacionamentos, boa infraestrutura (casa, carro, educação, trabalho)…

Sim, qualidade de vida é ter tudo isso e muito mais! Só que faltou um componente muito importante na lista genérica do parágrafo anterior; um dos bens mais relevantes e escassos na vida moderna: o tempo.

Clique aqui para ler o texto completo

Seu negócio fracassou? Você vai ter que encarar o caos!

Você fez tudo certo. Aprimorou o senso empreendedor – afinando a sua conduta a realidade que iria encontrar. E não parou por aí.

Contudo, deixando a poesia de lado, o fato é que depois de alguns meses ou semestres, os resultados não refletiram as expectativas. O fluxo de caixa entrou em declínio e o mercado não está reconhecendo a proeza da sua inovação.

O que fazer? Como reagir? O nosso herói largará a toalha? Pendurará a chuteira? A resposta é não. Se ele for um empreendedor genuíno, enfrentará o caos.

Clique aqui para ler o texto completo

Dinheirama: o site mais popular sobre educação financeira

Em meados de 2008 uma pesquisa contratada por instituições financeiras, divulgada pelo IBOPE inteligência, apontou o Dinheirama como o Blog mais influente sobre o tema do país.

Quando comparamos nossa audiência com os grandes portais, nossos leitores são bem menores. Ainda assim, para o público do nosso nicho, conseguimos manter grande visibilidade e principalmente conseguimos conquistar a confiança dessas pessoas.

Em outubro de 2016, o blog Abacus Liquid, conduziu um levantamento sobre os 64 sites de finanças que devem ser conhecidos por todos, segundo o autor da matéria.

Entre os sites, de acordo com o levantamento, o Dinheirama foi apontado como o mais popular!

Clique aqui para ler o texto completo

No dia das crianças, presenteie o futuro de seus filhos!

No dia 12 de outubro, comemoramos o Dia das Crianças. É fácil falarmos dos presentes que costumamos dar, como brinquedos, roupas novas ou até passeios diferentes nesta data, para alegrar nossos filhos.

Por outro lado, raramente os presenteamos pensando no futuro, na faculdade, em um valor para dar entrada em um futuro imóvel ou até na aposentadoria.

Quando eu nasci, minha mãe me “presenteou” com uma caderneta de poupança, cujo resgate só poderia ser feito quando eu completasse 18 anos.

Clique aqui para ler o texto completo

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários