Agora você confere as principais notícias de 16/09/2018, domingo.

Em Roraima, Ciro diz que Brasil não é o país do ‘ódio’ e vai ajudar os venezuelanos

Candidato do PDT à sucessão presidencial, Ciro Gomes, criticou a omissão do governo federal e afirmou que vai ajudar “o povo de Roraima” e “os venezuelanos”, que chegam ao estado fugindo da crise política e humanitária do país.

Ele participou neste sábado (15) de um comício em Boa Vista, capital de Roraima.

“O governo federal se omitiu e vou ajudar vocês. Não é justo que o serviço público aqui seja desestruturado. O Brasil é um país cristão. Não aceitamos que uma pessoa morta de fome, que perdeu até sua pátria, seja tratado como cachorro por fascistas”, disse o candidato.

“O Brasil não é o país do ódio. O Brasil recebeu escravos, migrantes da Europa. Em nome dos brasileiros que estão sendo humilhados nos países ricos por aí afora, vou ajudar os venezuelanos”, acrescentou Ciro em discurso na capital do Estado.

No mês passado, o pedetista classificou como atos de “canalhice” e desumanidade” os ataques de brasileiros aos refugiados em Pacaraima, no dia 18 de agosto.

Em Boa Vista, ele afirmou também que vai “autonomizar Roraima em termos de energia elétrica”, o Estado depende da Venezuela, e que precisa “resolver a questão da equação do desenvolvimento sustentável porque proteger as comunidades indígenas não pode significar destruir a condição econômica do Estado”.

Bolsonaro permanece estável na UTI e sem sinais de infecção, diz hospital

O candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, permanece em condição estável e sem intercorrências, conforme boletim divulgado na tarde de sábado (15), pelo Hospital Albert Einstein. Bolsonaro continua internado na UTI do hospital, em São Paulo.

Segundo o boletim, assinado pelos médicos Antônio Macedo, Leandro Echenique e Miguel Cendoroglo, Bolsonaro não tem febre e não apresenta outros sinais de infecção. A nota afirma também que ele segue em jejum oral e tem recebido por via endovenosa todos os nutrientes necessários para sua recuperação. Os exercícios de fisioterapia foram realizados com boa tolerabilidade.

No início desta semana, Bolsonaro havia saído da UTI e retomado a alimentação via oral. Depois de complicações, entretanto, o parlamentar foi submetido a uma nova cirurgia de emergência, na quarta-feira (12). Jair Bolsonaro foi esfaqueado na quinta-feira da semana passada (6), durante evento de campanha em Juiz de Fora (MG).

Maduro anuncia ‘compromissos de financiamento’ petroleiro com a China

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou neste sábado que em sua visita à China conseguiu “compromissos de financiamento” para o aumento da produção petrolífera, que atingiu o nível mais baixo em três décadas.

“Há compromissos de financiamento para o crescimento da produção petrolífera, o crescimento da produção de ouro e investimento em mais de 500 projetos de desenvolvimento dentro da Venezuela”, disse Maduro da China à rede de televisão estatal venezuelana VTV.

O presidente está desde a última quinta-feira (13) em Pequim, onde assinou acordos comerciais. Foi recebido com honras militares pelo presidente chinês, Xi Jinping, e se reuniu com representantes do Banco de Desenvolvimento da China e da Corporação Nacional de Petróleo da China.

A China investe pesadamente em petróleo e é o principal credor de Caracas, que recebeu empréstimos chineses de aproximadamente US$ 50 bilhões na última década, pagos principalmente com petróleo.

A Venezuela ainda deve cerca de US$ 20 bilhões, embora as condições de pagamento tenham sido flexibilizadas em 2016.

Maduro não informou se discutiu sobre essa dívida e também não se referiu a qualquer oferta, por parte da China, de um novo crédito de US$ 5 bilhões.

Segundo informações extraoficiais, citadas pela consultora venezuelana Ecoanalítica, existia a possibilidade de que a China concedesse à Venezuela um crédito de US$ 5 bilhões e a ampliação por seis meses do período de vencimento para o serviço da dívida.

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários