Agora você confere as principais notícias de 19/05/2018, sábado.

Dólar fecha cotado a R$ 3,74, após encostar em R$ 3,78 na máxima

Após ter avançado mais de 2% pela manhã e ter se aproximado dos R$ 3,78, o dólar diminuiu o ritmo de alta e fechou nesta sexta-feira (18), a R$ 3,7369, alta de 1,01%, na sexta valorização consecutiva. Na quinta-feira, o dólar atingiu R$ 3,6994, sua maior cotação em pouco mais de dois anos, e na semana, a moeda acumulou ganho de 3,8%.

Assim como no câmbio, o Ibovespa, após ter recuado mais de 2%, diminuiu o ritmo na reta final do pregão, fechando aos 83.081,88 pontos, perda de 0,65%, com alguns investidores aproveitando as pechinchas. Na semana, o índice perdeu 2,51%.

Além do movimento de reprecificação global do dólar com a perspectiva de alta mais intensa dos juros americanos, o desconforto com a decisão do Copom de manter a Selic em 6,5% ao ano, apesar de ter sinalizado um corte de 0,25 ponto porcentual, continuou a pressionar os ativos domésticos.

O mercado questiona se o Banco Central aumentará a oferta de swaps cambiais para conter a escalada do dólar. O ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, afirmou que “é fundamental persistir nas reformas que vão assegurar a melhoria do lado fiscal” e que, quanto mais sólidos os fundamentos, o câmbio estará menos suscetível a essa variação.

Como já virou quase uma regra nos últimos pregões, houve muita volatilidade e a moeda americana chegou a variar centavos: da mínima de R$ 3,7136 à máxima de R$ 3,7775. O giro foi elevado, somou US$ 1,26 bilhão. No mercado futuro, o dólar, de manhã, chegou a R$ 3,7805 e, perto das 17h, subia 1,13%, negociado a R$ 3,7430.

José Dirceu deixa apartamento em Brasília e se entrega

O ex-ministro José Dirceu deixou o prédio onde estava, no setor Sudoeste, em Brasília, pouco antes das 14h desta sexta-feira (18) e se entregou às autoridades.

Saiu do edifício um carro prateado com um homem no banco de trás que cobriu a cabeça com um pano para não ser fotografado. Minutos depois, o veículo de seu advogado também deixou a garagem do edifício.

O ex-ministro passou pelo Instituto Médico-Legal (IML) de Brasília e seguiu direto para o Complexo Penitenciário da Papuda.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal, Dirceu foi levado para o bloco 5 do Centro de Detenção Provisória da Papuda, o mesmo onde está preso o ex-ministro Geddel Vieira Lima.

O órgão de segurança explicou que o bloco 5 reúne ex-policiais, idosos, políticos e presos com formação superior.

José Dirceu foi colocado em uma cela coletiva, com tamanho aproximado de 30 metros quadrados. O local tem camas do tipo beliche, chuveiro e vaso sanitário.

A secretaria ressaltou que, assim como os outros detentos do sistema prisional, Dirceu terá direito a quatro refeições diárias –café da manhã, almoço, jantar e lanche noturno– e duas horas de banho de sol por dia.

Na quinta-feira (17), a 13ª Vara Federal expediu mandado de prisão contra Dirceu, depois que ele teve recurso negado no TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), que se manifestou a favor da execução provisória da pena.

Ataque a tiros em escola no Texas deixa pelo menos 10 mortos

Um ataque a tiros em uma escola de Santa Fé, no Estado americano do Texas, deixou ao menos 10 mortos e vários feridos nesta sexta-feira (18). Entre as vítimas estão nove estudantes e um professor.

As autoridades locais ainda não confirmaram o número exato de vítimas, mas o xerife Ed González, do condado de Harris, onde fica a cidade de Santa Fé, disse, mais cedo, que o ataque deixou “vários mortos” e o número variava “entre oito e dez”. “As equipes estão cuidando dos feridos. A informação ainda preliminar é que há vários mortos”, escreveu González em sua conta no Twitter.

Policiais também encontraram bombas dentro e no entorno da escola e atuam para desarmar os dispositivos. Ainda não foram confirmados quantos explosivos foram descobertos.

O xerife também informou que um suspeito foi preso, que uma segunda pessoa estava sob custódia das autoridades e que pelo menos um policial ficou ferido – ainda não se sabe qual o estado de saúde dele.

Também pelo Twitter o presidente americano, Donald Trump, comentou o ataque a tiros pouco depois de as primeiras informações serem divulgadas. “Ataque a tiros no Texas. Primeiros relatos não parecem bons. Deus abençoe todos!”, escreveu o presidente americano.

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários