Agora você confere as principais notícias de 24/07/19 quarta-feira.

Suspeitos de Hackear Moro são Levados para Brasília

Presos na Operação Spoofing deflagrada nesta terça-feira (23), os quatro suspeitos de invadir o celular do ministro da Justiça, Sérgio Moro, e do procurador da República e coordenador da Operação Lava Jato no Paraná, Deltan Dallagnol, foram transferidos para Brasília e devem prestar depoimento ainda hoje na Superintendência da Polícia Federal do Distrito Federal.

Nesta terça, a PF prendeu um homem e uma mulher na capital e outros dois homens em Araraquara e Ribeirão Preto. A ação foi determinada pelo juiz da 10.ª Vara Federal de Brasília, Vallisney de Souza Oliveira.

Além de Moro, procuradores da força-tarefa da Lava Jato no Paraná e outras autoridades foram hackeados – no mandado de buscas, há menção ao desembargador federal Abel Gomes (Tribunal Regional Federal da 2.ª Região, no Rio), ao juiz federal Flávio Lucas (18.ª Vara Federal do Rio) e delegados Rafael Fernandes, da PF em São Paulo, e Flávio Vieitez Reis, em Campinas.

Diálogos mantidos no auge da investigação entre eles e o então juiz Sérgio Moro foram vazados e publicados pelo site The Intercept Brasil, indicam um suposto conluio. Moro e os procuradores não reconhecem a autenticidade das mensagens a eles atribuídas.

A PF cumpriu quatro mandados de prisão temporária e sete de busca e apreensão em São Paulo, Araraquara e Ribeirão Preto. Os mandados foram cumpridos pelo delegado da PF Luiz Flávio Zampronha, que investigou o escândalo do mensalão.

Leia também: Dinheirama Cria Grupo Exclusivo. Veja Agora como Participar!

Guedes diz que FGTS será liberado todos os anos e confirma total de R$ 42 bi até 2020

O governo decidiu que a medida de flexibilização de saques do FGTS vai dar ao trabalhador a possibilidade de sacar recursos anualmente, e não apenas uma vez. Além disso, serão contempladas tanto contas ativas como inativas.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que a iniciativa vai movimentar cerca de R$ 30 bilhões neste ano. Até o ano que vem, os recursos chegarão a R$ 42 bilhões.

“Eu tinha falado que ia ser em torno de R$ 42 bilhões. Vai ser isso mesmo. Deve ser uns R$ 30 bilhões este ano, uns R$ 12 bilhões no ano que vem. Só que vocês vão ver que vai ter novidade. Há coisas mais interessantes”, disse o ministro.

Segundo Guedes, a medida de permissão será recorrente ao longo do governo. “O governo passado soltou só inativos. Nós vamos soltar [contas] ativas e inativas. Eles soltaram uma vez só. Nós vamos soltar para sempre. Todo ano vai ter.”

Assista: 💰 GOVERNO BOLSONARO QUER LIBERAR FGTS: O que fazer e como INVESTIR?

FGTS não empolga e Bolsa não decola. Dólar sobe

O dólar teve a maior alta percentual do mês na terça-feira (23), com valorização de 0,93%, a R$ 3,7740. A moeda americana se fortaleceu no cenário internacional com o acordo entre Casa Branca e o Congresso dos Estados Unidos sobre a suspensão do teto de gastos, o que elimina a possibilidade de um novo shutdown.

No Brasil, o viés altista do dólar foi impulsionado pela decepção do mercado na quantia estipulada para o saque do FGTS, de R$ 500, vista pelo mercado como insuficiente para alavancar o crescimento econômico. A Bolsa recuou 0,23%, mas manteve os 103 mil pontos.​

Baixe Gratuitamente: Ebook Gratuito: Fundos imobiliários – Um guia para entender como funcionam e começar a investir sem medo

Boris Johnson vence disputa para liderar Partido Conservador e será o próximo premiê britânico

Boris Johnson, ex-prefeito de Londres e ex-chanceler britânico, foi escolhido pelos membros do Partido Conservador como seu novo líder e, consequentemente, o próximo primeiro-ministro do Reino Unido.

Johnson, de 55 anos, conquistou 92.153 votos contra 46.656 do atual ministro de Relações Exteriores do país, Jeremy Hunt, e receberá da rainha Elizabeth II a responsabilidade de formar um governo cuja principal tarefa será concluir a retirada do país da União Europeia (UE), o Brexit. O Comitê 1922, responsável pela disputa interna do partido, informou que votaram 87,4% dos seus filiados.

m um breve discurso após o anúncio do resultado na manhã desta terça-feira, 23, o novo líder dos Tories disse ser factível que o Reino Unido mantenha uma parceria estreita com a UE ao mesmo tempo em que cumpre o seu desejo por um “autogoverno democrático”.

Ele também afirmou que o Brexit, sua promessa central de campanha, será uma realidade em 31 de outubro “com ou sem acordo”. “(Isso seria possível) com um espírito de ‘podemos fazer'”, acrescentou  momentos depois de ser oficializado como o substituto da atual premiê Theresa May.

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários