Agora você confere as principais notícias de 05/02/2018, segunda-feira.

Temer planeja campanha e tenta reduzir rejeição 

Na tentativa de recuperar sua imagem, o presidente Michel Temer fará ofensiva publicitária para que não termine o mandato com a “pecha de falcatruas”.

A equipe do presidente planeja uma campanha de marketing, para ser veiculada a partir de março, no esforço de desvincular a figura pública de Temer de denúncias de corrupção e de acusações de irregularidades.

A ideia é rememorar a carreira do emedebista, afirmando que ele não possui contas bancárias no exterior e tem patrimônio compatível com a sua trajetória política.

Isso inclui mostrar detalhes da vida privada do presidente, argumentando que sua família não consome produtos de luxo, não trocou de carro desde que ele assumiu o Palácio do Planalto e que mantém uma vida simples.

Em entrevista, há duas semanas, o presidente antecipou que pretende se dedicar neste ano à reabilitação de sua imagem, diante do que chamou de uma “tentativa brutal” de desmoralizá-lo.

“Não vou sair da Presidência da República com essa pecha de um sujeito que incorreu em falcatruas”, disse.

Relatório grátis: É hora de comprar ações da Petrobras?

Rio tem homem executado dentro de ambulância

Mais uma noite de episódios de violência no Rio: na madrugada de sábado (3), um homem foi executado com diversos tiros dentro de uma ambulância, em frente a um hospital, na zona oeste da cidade.

Segundo informações da Polícia Militar, o crime ocorreu na Rua Guarulhos, na lateral do Hospital Albert Schweitzer, em Realengo, no fim da noite de sábado. A ambulância que levava o paciente foi interceptada por um carro ocupado por quatro homens carregando fuzis.

O paciente chegava ao hospital trazido de outra unidade de saúde, onde tinha passado por um exame médico. Os criminosos ordenaram que o motorista deixasse a ambulância e fizeram vários disparos contra o doente. O crime é investigado pela Delegacia de Homicídios da Capital.

No início da manhã de domingo, vários motoristas foram vítimas de um arrastão na Avenida Brasil, uma das principais vias expressas da cidade. Policiais militares do Batalhão de Policiamento em Vias Expressas (BPVE) foram acionados para checar uma denúncia de roubo de carros na altura de Barros Filho, bairro da zona norte.

Um motorista que permanecia no local do crime relatou o roubo e foi levado para registrar a ocorrência na 39ª Delegacia de Polícia, na Pavuna. Nas redes sociais, perfis de monitoramento e alerta a moradores sobre episódios de violência relataram denúncias de disparos com arma de fogo em diversos bairros da cidade, incluindo Cidade de Deus e Rocinha.

Descubra: LCI e LCA, ainda dá para investir?

Secretário de Estado dos EUA pede solução mais rápida para Venezuela

O secretário de Estado dos EUA, Rex  Tillerson, disse neste domingo (4), no Palácio San  Martín, sede da chancelaria argentina, em Buenos Aires, que “não se pode tolerar que a Venezuela não seja uma democracia”.

“O povo venezuelano merece ser livre”, disse, acrescentando que sua viagem pela América Latina tinha como intenção “buscar soluções que acelerem o fim da situação porque a crise humanitária a está transformando em algo cada vez mais obscuro”.

Questionado sobre possíveis novas sanções que os EUA poderiam impor ao país caribenho, inclusive com relação à compra de petróleo, Tillerson disse que é um dos temas que quer debater com os países latino-americanos, mas que não aprova sanções que afetem a população. “Nossas desavenças são com o regime venezuelano e não com a população do país”, disse.

Ferramenta recomendada: Super planilha para seu controle financeiro

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários