Quem é que não quer saber como obter êxito em suas atividades para tornar seus sonhos uma realidade? Vamos para mais uma de minhas histórias.

Sempre fui uma pessoa apaixonada por atividade física. Desde criança, preferia atividades fora de casa (principalmente aquelas que me faziam voltar todo sujo e suado!). Aquilo era um sinal visível para todos de que minhas últimas horas tinham sido de pura diversão (ah, as crianças…).

Com o passar do tempo, as responsabilidades foram aumentando, os estudos se intensificando e o trabalho foi tomando conta de minha rotina. Com ele, percebi logo que eu passaria longas horas de meu dia utilizando a minha mente para produzir valor para pessoas e empresas.

Foi então que enxerguei que, mais do que antes, eu precisaria manter uma rotina de atividades físicas mais intensas. Tinha que ser algo prazeroso, de fácil realização (sem depender de muitos equipamentos) e que eu pudesse praticar em grupo ou sozinho, caso eu não conseguisse parceiros.

O resultado foi que comecei a praticar corrida de rua. No início, não foi fácil. Eu até tinha uma boa resistência física para um iniciante, mas não tinha as técnicas adequadas. Minha respiração não era nada boa. Minha alimentação e hidratação também não. Eu não sabia a diferença entre um tênis e outro (só descobri isso depois de duas bolhas gigantes).

Outra coisa que eu desconhecia era o cansaço físico depois de um “longão” (treino mais puxado). A enorme preguiça também surgia com tudo nos dias frios/chuvosos. Teve ainda a dor muscular, a mudança no corpo, enfim, foram muitos os desafios, mas apenas uma coisa tornou possível seguir adiante: a disciplina!

Gostei dessa definição que encontrei no Wikipedia: “A disciplina é um hábito interno que facilita, a cada pessoa, o cumprimento de suas obrigações. É um autodomínio. É a capacidade de se utilizar a liberdade pessoal, isto é, a possibilidade de atuar livremente, superando os condicionamentos internos e externos que se apresentam na vida cotidiana.”

A disciplina é fundamental para que você aja; e ação é a coisa mais importante para que você tenha uma vida de sucesso! Se você começar a desdobrar seus sonhos em um plano, dividir esse plano em etapas, e então executar essas etapas (independente se são etapas diárias, semanais, mensais ou anuais), o resultado disso tudo será uma coisa só: a concretização dos seus sonhos.

Para a grande maioria de nossos planos de vida, precisaremos contar com recursos financeiros. Ah, agora vem algo muito interessante: a única forma consistente e duradoura de obter êxito nas finanças é utilizar essa poderosa ferramenta chamada disciplina. A mesma para a corrida, para a saúde e por aí vai.

Essa ferramenta é bem-vinda para você eliminar suas dívidas (e evitá-las), para poupar mensalmente parte de sua renda, para investir sistematicamente o seu dinheiro poupado e para analisar com inteligência as melhores opções de investimento em função do momento econômico do país e do mundo.

A disciplina funciona também para que você mantenha sua namorada encantada, sua esposa apaixonada e seus filhos bem-educados. Seus amigos podem até te chamar de chato algumas vezes, mas logo vão querer saber como é que você consegue dar conta de tantas coisas, mantendo o equilíbrio entre elas e tendo as mesmas 24 horas que eles.

E você responderá: “É simples, eu tenho disciplina!”

Você não nasce assim. Você aprende a ser assim. Isso faz sentido para você? Em caso positivo, tome a decisão de praticar a disciplina e esteja preparado para colher seus resultados – eles virão mais rápido do que você imagina.

Foto “Discipline”, Shutterstock.

Conrado Navarro
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários