Home Mercados Dólar à vista cai 0,15% com mercado à espera de Powell

Dólar à vista cai 0,15% com mercado à espera de Powell

Internamente, as atenções estarão voltadas para Brasília, onde ocorrem as discussões sobre a regulamentação da reforma tributária

por Reuters
3 min leitura

Com a agenda de indicadores esvaziada tanto no Brasil quanto no exterior, o dólar abriu a terça-feira em leve baixa ante o real, com investidores à espera do depoimento do chair do Federal Reserve, Jerome Powell, em um comitê do Senado dos EUA, que pode trazer novas pistas sobre o futuro da taxa de juros norte-americana.

Às 9h35, o dólar à vista caía 0,22%, a 5,4648 reais na venda. Na B3 — que funciona normalmente apesar do feriado em São Paulo — o contrato de dólar futuro de primeiro vencimento tinha baixa de 0,21%, aos 5,4780 reais.

A partir das 11h, quando Powell falará ao Senado, investidores estarão atentos às indicações do chair do Fed sobre quando começará o ciclo de cortes de juros nos EUA — atualmente precificado para setembro deste ano.

Na quarta-feira, Powell prestará novo depoimento à Câmara dos EUA, mas a expectativa maior recai sobre a fala desta terça ao Senado.

Às 9h36, com investidores à espera de Powell, o índice do dólar (DXY) — que mede o desempenho da moeda norte-americana frente a uma cesta de seis divisas — subia 0,10% no exterior, a 105,070. A moeda norte-americana também sustentava ganhos ante divisas como a lira turca, o rand sul-africano e o peso chileno.

No Brasil, apesar do feriado da Revolução Constitucionalista de 1932, as Tesourarias de bancos e corretoras em São Paulo funcionarão nesta terça, acompanhando a B3, mas muitas empresas que participam do mercado de câmbio estarão fechadas no feriado, o que pode limitar um pouco a liquidez no mercado à vista.

Internamente, as atenções estarão voltadas para Brasília, onde ocorrem as discussões sobre a regulamentação da reforma tributária.

Na noite anterior, o deputado Reginaldo Lopes (PT-MG), que integra grupo de trabalho da reforma, disse ter expectativa de finalizar a votação do projeto de regulamentação na Câmara dos Deputados ainda nesta semana.

O governo corre contra o tempo para aprovar medidas que possam melhorar a percepção de risco do Brasil antes do recesso parlamentar, que começa em 18 de julho.

Segundo Lopes, será preciso calcular os efeitos do relatório do projeto sobre a alíquota a ser adotada com a simplificação de impostos.

“Esse novo relatório abriu espaço. Então, nós melhoramos a eficiência arrecadatória, combate à inadimplência, sonegação e fraude”, disse o deputado. “Por isso, temos que fazer cálculos, para saber qual o impacto na diminuição da alíquota.”

Na segunda-feira, o dólar à vista encerrou cotado a 5,4769 reais na venda, em leve alta de 0,26%.

O Banco Central fará nesta sessão leilão de até 12 mil contratos de swap cambial tradicional para fins de rolagem do vencimento de 2 de setembro de 2024.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.