Home Economia e Política Economia da zona do euro deve ter contraído neste trimestre, aponta PMI

Economia da zona do euro deve ter contraído neste trimestre, aponta PMI

"O principal obstáculo continua a vir do setor industrial, onde a situação dos pedidos se deteriorou ainda mais."

por Reuters
0 comentário
A queda de setembro na atividade geral ocorreu apesar de as empresas quase não terem aumentado seus preços. O índice composto de preços de produção caiu de 53,3 para 52,2, seu valor mais baixo desde o início de 2021

A economia da zona do euro provavelmente sofrerá uma contração no terceiro trimestre e não voltará a crescer tão cedo, segundo uma pesquisa, embora a retração da atividade empresarial do bloco tenha diminuído ligeiramente em setembro.

O Índice de Gerentes de Compras (PMI) Composto preliminar da HCOB para a zona do euro, compilado pela S&P Global e considerado uma boa medida da saúde econômica geral, subiu para 47,1 em setembro, em comparação com o recorde de baixa de 33 meses registrado em agosto, de 46,7.

Embora esse valor ainda esteja abaixo da marca de 50, que separa crescimento de contração, ele superou as expectativas em uma pesquisa da Reuters de uma ligeira queda para 46,5.

“Os números do PMI de serviços na zona do euro pintam um quadro sombrio”, disse Cyrus de la Rubia, economista-chefe do Hamburg Commercial Bank, acrescentando que acha que a economia terá uma contração de 0,4% neste trimestre.

“O principal obstáculo continua a vir do setor industrial, onde a situação dos pedidos se deteriorou ainda mais.”

A queda de setembro na atividade geral ocorreu apesar de as empresas quase não terem aumentado seus preços. O índice composto de preços de produção caiu de 53,3 para 52,2, seu valor mais baixo desde o início de 2021.

Essa queda provavelmente será bem recebida pelos autoridades de política monetária do Banco Central Europeu, que na semana passada elevaram sua taxa básica de juros para um recorde de 4% em sua luta contra a inflação.

O PMI de serviços subiu de 47,9 para 48,4, mas marcou o segundo mês abaixo do ponto de equilíbrio este ano. A pesquisa da Reuters havia previsto uma leitura de 47,7.

O PMI de indústria abaixo de 50 desde meados de 2022 e o índice mais recente caiu de 43,5 para 43,4, frustrando as expectativas da pesquisa da Reuters de um aumento para 44,0.

Veja o documento

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.